3.2.20

Rui se solidariza com os deputados contra os atos de violência e vandalismo na votação da PEC da Previdência


Durante a abertura oficial dos trabalhos da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (dia 3), à tarde, o governador Rui Costa se solidarizou com os deputados estaduais se opondo aos atos de vandalismos e violência registrados na casa, na sexta-feira (dia 31), na sessão de votação da PEC da Previdência.  Para o governador o direito de protestar é muito importante, mas dentro das regras da lei e do respeito.

O governador classificou o que houve como “vandalismo, bandidagem e crime”. “Em nenhum parlamento do mundo é admissível o que ocorreu aqui, alguém entrar armado e ameaçar as pessoas. O deputado é livre para votar de acordo com sua consciência”, disse o governador, enfatizado que a Secretaria de Segurança Pública já está apurando os fatos, com base, inclusive, nas imagens veiculadas.

Rui destacou que apuração será rigorosa, tanto do ponto de vista penal como administrativo, no caso de servidores do Estado envolvidos no ato. “Vamos buscar todas as medidas, com base na lei que sejam exemplares, para que episódios como esse não se repitam”. Na sua análise, um tema, como a reforma da Previdência sempre vai gerar debates calorosos, o que considera próprio da democracia. “O que não é próprio da democracia é violência, a bandidagem e o crime”.

Nenhum comentário: