21.2.20

UTI em Paulo Afonso deverá ser inaugurada até abril deste ano, informa o governo



Na audiência do prefeito Luiz de Deus com o governador Rui Costa, realizada na última semana, um dos assuntos mais relevantes da pauta foi a inauguração da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que está sendo construída no Hospital Municipal de Paulo Afonso Aroldo Ferreira (HMPA), localizado no BTN.

A obra, que está sendo realizada por meio de convênio entre o Governo e a Prefeitura de Paulo Afonso, está em fase final, porém precisa de umas adequações por meio do Estado para que seja concluída.

De acordo com o administrador do Bairro Tancredo Neves, Luiz Humberto, que também esteve presente no encontro, foram feitos ajustes entre as partes sobre a UTI. "Foram ajustados os detalhes da obra, uma vez que o recurso financeiro é disponibilizado pelo Governo do Estado e à Prefeitura cabe a construção e a gestão da unidade quando estiver em funcionamento", falou.

Ele explicou que a obra, de grande relevância para o município, deverá ser entregue nos próximos 60 dias. "Este foi o prazo estabelecido pelo governador, que entrou em contato com sua equipe, ajustou os detalhes que estavam faltando e afirmou que neste prazo de 60 dias está entregando essa obra".

Luiz Humberto ainda enfatizou que outras questões pertinentes à saúde foram debatidas, a exemplo do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS), onde a Prefeitura assumiu 25% da gestão na maternidade e leitos neonatais, bem como a ortopedia, que conta com um aporte financeiro estadual.

Para o esporte, foi debatida a construção de um novo campo de futebol para o BTN, uma vez que aquele que estava localizado no campo do CSU, foi implantada a Policlínica. "O projeto do Estado é de um campo menor do que o que já existia no CSU, então conversamos com o governador que a obra não atenderia a comunidade, e nivelamos a construção de um campo, com medidas oficiais, que deverá ser feito no Campo do Canarinho, no BTN III", explicou Luiz.

Outra solicitação foi a intervenção de Rui Costa junto a Embasa para a licitação da duplicação das obras de abastecimento e esgotamento sanitário, que está prevista no contrato de concessão. "Pedimos uma urgência nesta questão porque é uma das ações de extrema importância para o município", disse o administrador do BTN.

Finalizando a pauta, o prefeito Luiz de Deus falou sobre a iluminação da via que liga o Bairro Barroca ao Aeroporto, que está sendo pavimentada pela Prefeitura. O pedido contemplará os moradores da localidade, uma vez que é uma região de grande escuridão. A reunião no gabinete do governador contou ainda com a presença do senador Otto Alencar e o Deputado Federal Otto Filho (PSD).

UTI

A construção da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Municipal Aroldo Ferreira, situado no Bairro Tancredo Neves III, está com a obra 95% concluída. O projeto está sendo realizada através de um convênio entre a prefeitura de Paulo Afonso e o Governo da Bahia.

De acordo com o contrato firmado entre as partes, o prazo de finalização da obra é de 18 meses. A ordem de serviço foi assinada no dia 6 de julho de 2018, sendo o prazo final para a entrega da estrutura da UTI, até 30 de abril de 2020. O secretário municipal de Saúde, Ghiarone Garibalde, explica sobre o cronograma.

"Houve um termo aditivo do Governo do Estado, através da Secretaria estadual de Saúde, onde o cronograma de desembolso, ou seja, dos pagamentos realizados para a empresa responsável pela obra, seguindo até a data de 30 de abril de 2020 o prazo final da construção. Quero deixar bem claro que nossa meta é entregar antes da data limite, para que assim, o mais breve possível, a UTI do HMPA entre em funcionamento", afirma.

O governo da Bahia e a gestão municipal ficaram responsáveis de repassar seis parcelas para a empresa que está executando a obra. Destas, cinco já foram efetuadas. "Elas são depositadas de acordo com a prestação de contas que é enviada, explicando as metas que já foram realizadas", diz o secretário.

Nenhum comentário: