Dimas Roque: Exclusivo: áudios revelam que a preocupação dos envolvidos é a eleição de 2020

26.12.19

Exclusivo: áudios revelam que a preocupação dos envolvidos é a eleição de 2020


Imagem: modelo na internet
 
A troca de áudios realizada por duas pessoas e que chegaram a redação do Blog mostram que um dos interlocutores, possivelmente, é um vereador da base do prefeito Luiz de Deus. Em determinado momento da conversa, ele é questionado se o que está acontecendo na secretaria de saúde do município seria legal. “Isso é Lei? Tá na Lei? É legal?” Pergunta o rapaz.

Ao falar diretamente com um dos vereadores, ele ainda pede para que seja informado se a possível distribuição de 30 ordens de exames entre os atuais vereadores e candidatos a câmara municipal poderia estar acontecendo. “Porque se for, eu fico calado, mas se não for na lei, ilegal, aí eu vou tomar umas providências, aí, boa”, diz o homem.


A preocupação dele seria a falta de autorização em suas mãos para exames. Ele reclama da falta de “cota”. Possivelmente, não estaria chegando em suas mãos o que ele esperava. E por isto a revolta.

Ainda no áudio, ele informa ao vereador que “tem o exame de uma menina aqui, tem um ano e meio”, em tom de reclamação. O que nos leva a crer que, se existe mesmo esse esquema dentro da secretaria de saúde, muitas pessoas que precisam realizar os exames, são prejudicadas.

Ele insiste e pergunta se o que acontece, “está na lei da câmara esse direito aí, essas cotas?”. E deixa claro que sendo legal, ele não irá “fazer nada”, mas se não for, tomará uma “atitude”. Porque estariam “levando os exames todinho e nós tamo ficando sem”.

Os relatos apresentados nas matérias do Blog sobre os áudios que foram vazados e que supostamente mostram pessoas falando sobre um esquema de desvio de autorizações para exames de dentro da secretaria de saúde do município de Paulo Afonso na Bahia, se confirmados, precisam ser investigados com o rigor da Lei. Seriam, se verdadeiros, a manipulação através da “compra” de votos para interferir no resultado eleitoral em 2020. Esta e outras práticas que corrompem a sociedade, não podem serem vistas como um simples desvio, são crimes e como tal devem ser investigados pelas autoridades competentes.

O Blog também informa que até o momento, as conversas versam sobre um período anterior a do atual secretário de saúde Ghiarone Garibaldi. Deixamos isto claro para que injustiças não sejam cometidas.

Nenhum comentário: