Dimas Roque: O silêncio conivente da mídia no caso Feliciano

19.12.19

O silêncio conivente da mídia no caso Feliciano


Mais um falso profeta!

O pastor e deputado federal Marco Feliciano foi expulso do Podemos. Pesa contra o “defensor da moral e bons costumes” as acusações de: assédio sexual no gabinete, recebimento de propina e pagamentos a supostos funcionários fantasmas, além de gastos de R$ 157 mil em um tratamento odontológico reembolsado pela Câmara.


Imaginem se um décimo desses crimes fosse cometido por um companheiro do PT?! A mídia entraria em campanha de difamação por tempo indeterminado. 

Marcos Feliciano faz parte dos falsos profetas que vem destruindo a democracia brasileira em nome dos seus interesses sórdidos. 

Eleitos com o voto de cristãos de boa fé, fazem uso do cargo público para prejudicar o País e os irmãos que ajudaram a elegê-lo. 

A bancada evangélica é uma das maiores no Congresso Nacional e tem servido de base para Bolsonaro consolidar os ataques antipovo. O projeto de poder criado pela igreja Universal e filiais do tipo anuncia um país fundamentalista, onde com uma mão se joga a pedra moralista e com a outra subtrai os recursos públicos. 

Fiquemos atentos! 

Os falsos profetas responderão por seus atos, na terra ou no céu! 

Por: Josias Gomes – Deputado Federal (licenciado) do PT/Bahia e atualmente titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). 

Nenhum comentário: