Dimas Roque: Tá na internet: O OUTONO DO PRESIDENTE (Por Fábio Leal)

2.8.19

Tá na internet: O OUTONO DO PRESIDENTE (Por Fábio Leal)



Ah, então quer dizer que a opinião pública está estarrecida com as declarações do excrementíssimo sobre o pai de Felipe Santa Cruz, presidente da OAB?

Por favor, permitam-me um exercício de memória, só no improviso mesmo:

1. bolsonaro ostentou à entrada de seu gabinete um cartaz com os dizeres: “quem procura osso é cachorro” -, como forma de insultar as famílias dos desaparecidos na guerrilha do Araguaia. Todo mundo sabia disso (e mesmo assim vocês votaram nele);


2. bolsonaro bradou em frente às câmeras que não estupraria Maria do Rosário “porque ela não merece” (???). Todo mundo sabia disso, vocês se cansaram de ver e rever o vídeo (e mesmo assim votaram nele).

3. bolsonaro disse para as câmeras que esperava que o governo da Presidenta Dilma acabasse “hoje, infartada ou com câncer!”. Todo mundo sabia disso (e mesmo assim vocês votaram nele);

4. bolsonaro, na seção da câmara que votou o impeachment da Presidenta Dilma, homenageou em seu voto o torturador da própria presidenta que era julgada na seção (!!!). Todo mundo sabia disso (e mesmo assim vocês votaram nele);

5. bolsonaro disse DELIBERADAMENTE (!!!) a um repórter, sabendo que estava sendo filmado, que usava a verba de gabinete para “comer gente”. Todo mundo sabia disso (e mesmo assim vocês votaram nele);

6. bolsonaro usou um pedestal de microfone para simbolizar uma metralhadora e gritou para uma multidão: “nós vamos FUZILAR a petralhada aqui do Acre!” (!!!). Todo mundo sabia disso (e mesmo assim vocês votaram nele);

7. Às vésperas da eleição de 2018, bolsonaro, ensandecido, fez aquela que, para mim, é sua pior declaração: disse que iria mandar seus adversários políticos para a “ponta da praia”. Você que tem preguiça de se informar, que tal fazer uma pesquisa para descobrir o que ele quis dizer? Mas a opinião pública, toda, sabia disso (e mesmo assim continuou o apoiando);

8. Bolsonaro está até o pescoço com as milícias do Rio de Janeiro, gente envolvida em incontáveis homicídios. Todo mundo sabe disso (e mesmo assim continuam o apoiando).

As declarações que o presidente anticristo fez hoje são abjetas, mas não posso dizer que sejam piores do que as “declarações famosas” que eu listei (e vocês sabem que a lista é MUITO maior). Pergunto-me então o que o torpe insulto de bolsonaro à memória de Fernando Santa Cruz tem de novo para conseguir (finalmente!) sensibilizar a opinião pública.

Não tem nada de novo.

A novidade é o tempo: já começou o outono do presidente.

E ainda há quem o apoie.

A queda o presidente é certa (é só olhar os sinais do tempo). Resta saber quão doloroso será o inverno pelo qual teremos de passar. Para que ele seja menos mórbido, seria bom nos voltarmos para nossa consciência e começarmos a fazer nosso conserto com a verdade agora mesmo.

Por Fábio Leal.

Nenhum comentário: