Dimas Roque: Aprovado o empréstimo de R$ 80 milhões pela Câmara de Vereadores

19.8.19

Aprovado o empréstimo de R$ 80 milhões pela Câmara de Vereadores



Prefeito manda projeto de empréstimos a Câmara de Vereadores, mas esqueceu de mandar os valores de cada um deles. Mesmo assim, conseguiu a aprovação.

Em uma seção tumultuada pelos discursos dos vereadores e por parte de algumas pessoas no plenário, foi aprovado o pedido de autorização para celebração de contrato entre o Município e a Caixa Econômica Federa.

O Vereador Marconi Daniel, que é da base do prefeito Luiz de Deus na cidade de Paulo Afonso/BA, começou seu discurso hoje, 19, no plenário da casa legislativa questionando a pressa nas falas anteriores para discutir o projeto de lei do executivo que pede a autorização para empréstimo junto à Caixa Econômica Federal no valor de R$ 80 milhões de reais.
“Tá entrando no mérito, em uma discussão aqui, onde não está pautado por hora a questão de um projeto que trata-se de R$ 80 milhões de reais”. Ele questionava o afobamento do debate, já que nem na pauta do dia estaria listado.

O vereador Marcondes Francisco, ao solicitar aparte, disse que se algum vereador quisesse poderia fazer isto, solicitar a apreciação ainda hoje. O estatuto da casa permite que isto seja feito. E foi feito. O efeito das provocações foi que que foi feito o pedido, o projeto foi colocado em votação a toque de caixa dividindo literalmente os votos.

Votam contra o empréstimo: Bero do Jardim Bahia (PT), Marconi Daniel (PHS), Mário Galinho (SD), Bero do Jardim Aeroporto (PP), Moreirão (PSC), Zezinho (sem partido) e Zé Carlos (PRB).

Votaram favoráveis ao empréstimo: Edilson do Hospital (MDB), Zé de Abel (Podemos), Marcondes Francisco (PSD), Leco (PHS), Irmã Leda (PDT), Jean Roubert (PTB) e Cícero Bezerra (PP).

Ficou para o presidente da casa legislativa, o vereador Pedro Macário, o voto de desempate. Foi dele a definição que autoriza o prefeito Luiz de Deus contrair o empréstimo. O vereador, presidente da casa, não reconheceu o encaminhamento do “voto não” dado pelo Deputado Federal e líder do Partido Popular, Mário Junior.

Foto: CVPA.


Nenhum comentário: