Dimas Roque: Festa da Boa Morte encerra ritos religiosos com missa de assunção de Nossa Senhora

15.8.19

Festa da Boa Morte encerra ritos religiosos com missa de assunção de Nossa Senhora


As integrantes da Irmandade da Boa Morte, em Cachoeira, deixaram a sede da entidade na manhã desta quinta-feira (15), seguidas por baianos e turistas, para participar da missa de assunção de Nossa Senhora da Glória na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário. A cerimônia foi celebrada pelo padre Hélio Vilas Boas. 

Após a missa, integrantes da irmandade, membros da Igreja Católica, turistas e moradores acompanharam a procissão em homenagem a Nossa Senhora da Glória. Na chegada à sede da irmandade, as irmãs dançaram uma valsa e logo após foi servida uma feijoada. Ainda no final da tarde desta quinta (15), as irmãs participam de um samba de roda no Largo d’Ajuda. 

A secretária de Promoção da Igualdade Racial do Estado, Fabya Reis, participou da festa nesta quinta-feira e destacou o papel do poder público na manutenção e preservação da Irmandade da Boa Morte. “Aqui temos a oportunidade de testemunhar a trajetória dessas mulheres que arrastam com tanta devoção uma luta que foi por liberdade e direitos. A política pública deve contemplar também as condições de vida dessas mulheres, incluindo benefícios vinculados à seguridade delas e estamos trabalhando nessa ação para que a gente possa fortalecer essa tradição. O edital da década Internacional afrodescendente apóia iniciativas como essa e vamos trabalhar para que também seja incluído no texto do próximo ano”. 

A Festa da Boa Morte tem mais de 200 anos e desde 2010 é considerada patrimônio imaterial da Bahia. A programação dos festejos foi iniciada na noite de terça-feira (13) e segue até o sábado (17). O evento é apoiado pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur) e está entre os três principais eventos religiosos da Bahia. 


Repórter: Jairo Gonçalves.

Foto: Elói Corrêa/ GOVBA.

Nenhum comentário: