Dimas Roque: Secti inicia em Serrinha etapas regionais da Conferência de Ciência, Tecnologia e Inovação

22.10.19

Secti inicia em Serrinha etapas regionais da Conferência de Ciência, Tecnologia e Inovação



Evento, que aconteceu no auditório da Uneb, marcou a primeira de diversas reuniões que antecipam a IV Conferência Estadual de CT&I

Um dia histórico para a Bahia. É que o município de Serrinha recebeu, nesta terça-feira (22), a primeira das 11 Conferências Macroterritoriais de Ciência, Tecnologia e Inovação, que acontecem entre os dias 22 e 31 de outubro em toda a Bahia. Por iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), os encontros regionais servem para entender as demandas nos macroterritórios de identidade, bem como eleger os 20 delegados de cada região para a IV Conferência de CT&I, marcada para os dias 5 e 6 de dezembro, em Salvador. O principal objetivo dos encontros é elaborar a nova política estadual do setor.


Coordenada pelo assessor de Planejamento e Gestão da Secti, a etapa de Serrinha aconteceu na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), onde, em seu auditório, foram promovidas as discussões e deliberações inerentes à CT&I.  Após apresentar as diretrizes da IV CCTI, Valadares defendeu a importância de debater o tema proposto para as conferências. "Precisamos levar o tema desta Conferência, que é 'Sociedade 5.0', ou seja, uma população hiperconectada, para toda a Bahia. Assim, será possível utilizar a tecnologia como uma forma de inclusão social".

Outra contribuição que antecipou os debates, encaminhamentos e eleições dos delegados, foi a do diretor e professor da Uneb, Jean Santos, que realocou o olhar tecnológico para o âmbito social ao fazer um panorama histórico, no qual relatou como a tecnologia, se não for aplicada ao cunho social, pode levar por caminhos prejudiciais. "Há formas e processos que podem transformar a realidade através da tecnologia direcionada para uma função social, colocando este tipo de desenvolvimento, muito além de faculdades bem equipadas de forma tecnológica", alertou.

Também presente à etapa regional da IV CCTI, o prefeito de Serrinha, Adriano Lima, foi categórico ao afirmar que este é o momento de investir em inovação. "É em eventos como este que traçamos um futuro melhor para nossos filhos e netos", discursou, sendo seguido do secretário executivo da Consisal, Lázaro Silva, que enfatizou como a região sisaleira, que engloba vários municípios, precisa atrelar o desenvolvimento social com as alternativas tecnológicas. "O Sisal é um território grande e há enorme potencial se forem investidas tecnologias em áreas que antes não eram contempladas", disse.

Após a abertura em Serrinha, cidade responsável por iniciar os debates acerca de temas como integração do ecossistema, formação de pessoal para a Sociedade 5.0, inovação tecnológica, financiamento de CT&I, popularização da ciência, dentre outros, a equipe Secti segue para a cidade de Eunápolis, onde, na próxima quinta-feira (24), das 8h às 18h, no Campus da Uneb, acontece mais uma etapa macroterritorial da IV CCTI.

Nenhum comentário: