Dimas Roque: Ferramentas de monitoramento e avaliação do Pró-Semiárido são referências para projetos no Mercosul

2.10.19

Ferramentas de monitoramento e avaliação do Pró-Semiárido são referências para projetos no Mercosul


 

As estratégias e ferramentas utilizadas pelo Governo do Estado para avaliar e monitorar as ações junto aos agricultores familiares beneficiários do projeto Pró-Semiárido estão servindo de exemplo para outros projetos financiados pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida) no Brasil e em outros países do Mercosul. Na Bahia, o Pró-Semiárido atende a 70 mil famílias, com iniciativas voltadas para melhor convivência com o semiárido, em 32 municípios do sertão baiano.


Entre as ações destacam-se o sistema de acompanhamento de convênios; Aplicativo Olhar do beneficiário; Sistemas de monitoramento de ações governamentais; Sistema de indicadores e resultados – Fida; Registro dos beneficiários e capacitações; Monitoramento dos planos de investimento e desenvolvimento (Sisplandi) e Sistematizações e avaliações.

Sobre o monitoramento e avaliação utilizados pelo Pró-Semiárido, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), o coordenador do projeto, César Maynart, destaca duas ações: “Dois trabalhos que a gente está fazendo e são pioneiros que é a adoção de uma metodologia chamada lume, um método de avaliação econômica e ecológica dos agroecossistemas familiares idealizado pela organização AS-PTA e a segunda coisa importante que o projeto segue o ciclo clássico de avaliação e, para tanto, tivemos a cooperação do IPC em 2017 quando foi feito um estudo de base do Pró-Semiárido. Com isso, a gente espera que em março de 2021 tenhamos uma boa avaliação de impactos, no sentido de saber o que o projeto mudou na vida das famílias".

Para além destes destaques, o aplicativo olhar do beneficiário é uma inovação que despertou interesse de outros gestores de projetos Fida. Disponível para baixar gratuitamente na playstore, o app permite que as famílias agricultoras beneficiadas com o Pró-Semiárido possam enviar fotos, vídeos, textos e áudios das ações executadas nas suas comunidades. A participação voluntária dos beneficiários contribui com a avaliação e monitoramento do projeto.

A experiência do projeto foi apresentada no painel temático com o título Principais resultados em monitoramento e avaliação (M&A) dos Projetos, facilitado durante o I Encontro de Líderes Rurais e Gestores de Projetos Fida no Mercosul Ampliado, que aconteceu entre os dias 17 e 19 de setembro, no município de Juazeiro. Além de Cesar Maynart, a apresentação foi dividida com o colaborador do Pró-Semiárido na área de M&A, Celso Celes. As experiências do Projeto Dom Helder Câmara no Brasil e de projetos Fida na Argentina e Paraguai também foram apresentados no painel.

Nenhum comentário: