28.9.17

Estudantes apresentam projetos científicos em feiras escolares em diferentes regiões da Bahia.


Para estimular ainda mais a iniciação científica dos estudantes e dar visibilidade aos projetos desenvolvidos em sala de aula, no âmbito do Projeto Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, as escolas estaduais estão realizando as suas feiras de ciências. Além de expor as experiências científicas, os estudantes também participam de palestras e oficinas.

O Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologia da Informação e Comunicação (CEEP), localizado em Lauro de Freitas, promoveu a 4ª edição da Feira de Ciência e Tecnologia, durante esta quarta-feira (27). Os projetos foram apresentados em estandes montados na unidade de ensino, com visitação de estudantes de outras escolas e da comunidade local.

A estudante Sarajane Macedo, 16, do curso técnico em Manutenção e Suporte em Informática apresentou o projeto de sua esquipe “Capitão financeiro”. Trata-se de um site sobre orientação de finanças pessoais e que pode ser acessado pelo link: capitaofinanceiro.wixsite.com/capitaofinan. “O site apresenta algumas dicas e testes práticos que podem minimizar os problemas de economia e gastos excessivos feitos por adultos e jovens”, explica.

O Colégio Estadual Antônio Batista, localizado no município de Candiba, também está promovendo, nesta quarta-feira, a 4ª Mostra de Iniciação Científica e Cultural (MICC), que conta com oficinas, palestras e exposições dos projetos científicos dos estudantes. No período da manhã, os estudantes conferiram a palestra “Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável”, ministrada pela técnica da Cooperativa de Assessoria Técnica e Educacional para o Desenvolvimento da Agricultura Familiar (COOTRAF), Verônica Brito. Em seguida, eles participaram de nove oficinas como Libras, Primeiros Socorros, Empreendedorismo, Atualidades e ENEM, A Química do Chocolate e outras.

Matheus Teixeira, 15, do 1° ano, apresentou o projeto de sua equipe “Empreendedorismo sustentável”. “Buscamos uma forma alternativa de complementação de renda para as famílias carentes do município, mostrando como é possível a confecção de tapetes com retalhos das malhas doadas pelas confecções locais e que poderão ser vendidos nas feiras de artesanato da região. Desta forma, mostramos que é possível obter lucro através de uma atitude sustentável”, explica o estudante.

O Centro Territorial de Educação Profissional Piemonte do Paraguaçu I (CETEP), localizado em Itaberaba, também realizou hoje a Feira de Ciências e Empreendedorismo com o tema “Popularizando a Ciência”. Nesta quinta-feira (28) será a vez dos estudantes do Colégio Estadual Getúlio Vargas, em Mata de São João, apresentarem suas pesquisas na feira de ciências da escola.


Na Sexta-feira (29), também serão realizadas outras feiras escolares. O CEEP em Gestão e Negócios Professora Felicidade Jesus Magalhães, situado em Jacobina, realizará, das 8h30 às 20h30, a 6ª edição da Feira de Ciências, Empreendedorismo e Tecnologias Sociais (FECCEEP). No mesmo dia, os alunos dos colégios estaduais Padro Atanásio Garcia, em Caetité, e Anísio Teixeira, em Palmas de Monte Alto, mostrarão suas pesquisas desenvolvidas ao longo do ano letivo para toda a comunidade escolar e visitantes locais. Já o Colégio Estadual Antônio Figueiredo, em Ibiassucê, realizará, das 8h às 20h30, a 7ª Feira de Ciências, Matemática e Empreendedorismo, com apresentações de projetos e peças teatrais, oficinas, palestras e sessões de filmes.

Nenhum comentário: