18.3.18

O Messianismo de Pedro Batista.


Embora a historiografia dos movimentos messiânicos seja até um pouco extensa e antiga, já que, o termo tem suas origens no judaísmo, e se difunde pelo o mundo até os dias atuais, é pertinente a abordagem, tendo em vista a importância histórico-social desse fenômeno no Nordeste brasileiro.

Restringindo-se ao sertão nordestino, temos o Antonio Conselheiro de Canudos-BA; Pe. Cícero Romão Batista do Juazeiro do Norte–CE e o Beato José Lourenço dos Caldeirões-CE. Esses homens, cada um em seu tempo, são as figuras mais conhecidas neste contexto messiânico, porém, do Beato Pedro Batista da Silva, o curador, apesar de sua importância e influência, pouco se sabe, e do que se sabe, chama atenção a sua atuação como líder político ou religioso e pouco se aborda sobre o legado cultural incentivado e deixado por ele.

Vem aí o Livro: O Messianismo de Pedro Batista e a cultura popular em movimento.

O autor, Alcivandes Santos Santana faz um resgate histórico da figura pública de Pedro Batista e sua influência religiosa na cidade de Santa Brigida na Bahia.


Nenhum comentário: