11.12.17

Bahia realiza 216 sessões de julgamentos em novembro, no Mês Nacional do Júri

Este ano, durante o Mês Nacional do Júri, transcorrido ao longo das quatro semanas de novembro, foram realizados 216 julgamentos na Bahia, informou a juíza Jacqueline de Andrade Campos, gestora das metas da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp) e responsável pelas ações no estado.

Segundo a juíza, foram designadas 312 sessões por juízes de 63 unidades judiciárias, mas 96 delas não ocorreram, por motivos diversos, entre os quais o falecimento de um réu. Destacou, ainda, nos júris realizados, o resultado de 115 condenações; 59 absolvições; 17 desclassificações; e 25 outras qualificações.

A realização do Mês Nacional do Júri foi defendida pela juíza Jacqueline Campos. “O Tribunal do Júri julga acusados de crimes dolosos contra a vida, o bem mais precioso, daí ser importante que haja essa prestação jurisdicional com maior celeridade possível, pois mostra a presença da Justiça junto à sociedade”, disse a juíza.


A magistrada disse que, este ano, destacaram-se as comarcas de Jequié, Juazeiro, 2º Juízo da 1ª Vara do Júri de Salvador, Campo Formoso, Itabuna, Paulo Afonso, Valença, Feira de Santana e Ilhéus, que realizaram acima de 10 júris, cada uma, durante o mês.


Nenhum comentário: