19.3.12

Médico que atendeu paciente no HMPA dá esclarecimentos.

Segundo ele, a paciente omitiu estar gravida antes de ter o Bebê.
"venho por meio desta prestar esclarecimentos sobre este tragico incidente.

a paciente foi trazida pelo SAMU com história de dor abdomianl intensa, omitindo gravidez. Ao ser questionada a paciente continuou omitindo a informação. ao examiná-la constatei a gravidez por volta do 5 meses e imediatamente encaminhei a paciente a maternidade, porem ao ir ao banheiro a paciente abortou a criança. prestei atendimento, a criança ainda com a placenta pesando quase 500 gramas não achei sinais vitais, realizado reanimação e encaninhado para cuidados, posteriormente a criança respondeu mantendo pouca oxigenação e poucos batimentos cardiacos, em seguida foi prontamente encaminhado a maternidade onde posteriormente foi constatado o obito.Venho esclarecer que a paciente negou estar grávida aos funcionários do SAMU, novamente negou estar gravida ao médico do HMPA e em confidencia disse a auxiliar de enfermagem que a acompanhou que tomou medicamento para menstruar.

Será que cometi um erro médico ou não tivemos tempo de reverter o abortamento de uma gravidez indesejada?

lembrem-se antes de ser médico sou pauloafonsino e principalmente pai e não é justo ter a competencia profissional e neste caso humanidade posta em dúvuda para tentar atingir a grupos políticos.

obrigado pelo espaço e espero que seja feita justiça neste caso ao menos retificando essa trágica história".

Nenhum comentário: