29.3.12

Bahia: Governo solicita linha de crédito emergencial para pequenos agricultores.

Com o intuito de ajudar os pequenos agricultores que sofreram perda de safra por causa da seca na Bahia, o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, solicitou, nesta quarta-feira (28), ao ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, interferência junto ao Banco do Brasil e ao Banco do Nordeste para que seja lançada uma linha de crédito emergencial, similar à concedida aos estados de Alagoas e Pernambuco em 2010, quando foram afetados pelas chuvas.

Foi solicitada também a prorrogação das parcelas de vencimento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), já que a perda de renda comprometeu a quitação das prestações. “Os agricultores precisam reestruturar suas propriedades em função de prejuízos provocados com a forte estiagem”, disse Costa.

Em relação ao Garantia-Safra, indenização concedida pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário aos agricultores que perderam, pelo menos, 50% da produção, o chefe da Casa Civil pediu ao ministro Vargas a alteração dos critérios de avaliação de dados. “As soluções têm que se ajustar mais à nossa realidade”, pontuou.

Costa pediu ainda que o ministério acelere a análise dos projetos de aproveitamento de água de poços com baixa vazão ou baixa salinidade para dessedentação animal apresentados pela Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb), no valor de R$9 milhões.

Após conversarem sobre todas as reivindicações, o ministro afirmou que analisará as demandas da Bahia com a prioridade que a situação exige. (Assessoria de Imprensa da Casa Civil / BA)

Nenhum comentário: