19.5.21

Em apenas sete dias, Alerta Celular registra mais de 12 mil cadastros


O usuário deve preencher o formulário de identificação no portal da ferramenta e inserir o IMEI do aparelho.

Em apenas uma semana, o Alerta Celular – site lançado pela Secretaria da Segurança Pública para facilitar a devolução de aparelhos furtados e roubados e dificultar revenda smartphones frutos de práticas criminosas – já alcançou 12.336 baianos.

Dos milhares de cadastros realizados no site, cerca de 8,6 mil ocorreram na capital baiana, mas a ferramenta, lançada na última terça-feira (11), pode ser acessada em computadores, celulares e tabletes de todas as regiões do estado.

Responsável pela análise dos requisitos da ferramenta, a analista de sistema da Superintendência de Gestão Tecnológica e Organizacional (SGTO) da SSP, Manuelle Carvalho explicou que mais de 7,2 mil internautas preencheram o formulário e devem concluir o cadastro vinculando o seu aparelho. “É importante concluir a ficha e incorporar os dados do celular para ter a chance de recebê-lo de volta em caso de roubo”, enfatizou.


Veja como é rápido e fácil

O cidadão deve entrar no site do alerta celular e, ao clicar no espaço Cadastre Aqui, preencher seus dados pessoais. Após a inserção das informações individuais, o cidadão deve inserir o IMEI do aparelho que deseja registrar. O IMEI pode ser encontrado na nota fiscal de compra do bem ou discando *#06# no teclado do próprio celular.

Em caso de roubo ou furto, o proprietário deve entrar no portal, ativar o alerta e terá até 48 horas para registrar o crime em uma unidade Territorial de Polícia Civil ou por meio da Delegacia Digital.

Cada CPF pode estar vinculado a mais de um aparelho que, quando recuperado, será devolvido ao usuário após conclusão de procedimentos legais. “O proprietário receberá um e-mail para ir a uma unidade e reaver o seu celular”, concluiu.

Imagens: Vitor Barreto.

Nenhum comentário: