24.3.22

Feira de Economia Solidária da Bahia chega a Salvador

O bairro do Rio Vermelho, referência turística e boêmia da capital baiana, recebe nos dias 25, 26 e 27 de março mais uma edição da Feira de Economia Solidária da Bahia. A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), com o intuito de promover o escoamento da produção dos empreendimentos assessorados pelo Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Região Metropolitana de Salvador e Vera Cruz.

O evento acontece no Largo da Mariquita, com 50 barracas que comercializarão artesanatos e manualidades, como bijuterias, esculturas, artigos para casa e peças de costura criativa, confeccionados por grupos, associações e cooperativas. Segundo a coordenadora do Cesol, Karla Uckonn, as feiras de economia solidária têm uma relevância que ultrapassa a geração de renda. “Não é que a renda não tenha sua importância, sobretudo após esse longo período de crise econômica e sanitária que estamos vivendo. Porém, eventos dessa natureza têm como forte característica a democratização da ocupação dos espaços soteropolitanos, trazendo empreendimentos populares de Salvador para locais de grande circulação do comércio, sobretudo os espaços turísticos”.

O secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, destaca que estão sendo investidos R$ 2 milhões para a realização de 100 edições da Feira de Economia Solidária nos diversos territórios de identidade da Bahia. “É fundamental apoiar empreendimentos e organizações que são capazes de operar a partir de uma perspectiva emancipatória, de forma participativa, coletiva e autogestionária. Esse é o papel da economia solidária na gestão do Governo da Bahia”, afirma.


Serviço 

Feira de Economia Solidária da Bahia 

Edição Salvador

Quando? 25 a 27 de março – 16h às 23h

Onde? Largo da Mariquita, Rio Vermelho. 

Nenhum comentário: