29.11.21

Em Live prefeito e secretários tentam dar explicações a população de Canindé

A assessoria de comunicação da prefeitura de Canindé Francisco em Sergipe publicou um Card nas redes sociais anunciando que hoje às 15h30min haveria uma “Coletiva de imprensa” com a participação do prefeito Weldo Mariano e secretários.

Estiveram presentes ainda o vice-prefeito Joseildo Almeida, conhecido popularmente como Pank, os secretários de obras Rildo Joaquim, de agricultura Vitor da Mota, finanças Rose de Oliveira e o representante da SMTT - Superintendência Municipal de Transporte local.

A secretária de assistência social, Edilma Lins, foi a primeira a se pronunciar. Ela começou dizendo que estava lá para prestar esclarecimentos à população, papel de todo gestor municipal quando há questionamentos feitos por parte dos munícipes.

Segundo Edilma, três famílias estão sendo cuidadas neste momento e outras trinta e nove foram afetadas diretamente pelas águas da chuva que caiu na noite de sábado, 27. Destas, “oito ou dez” precisam de ajuda imediata.

Na live ficou-se sabendo que técnicos do município estão fazendo o levantamento dos prejuízos causados e que após isto é que se saberá o que “é obrigação ou não do município”. O “Município está fazendo a parte dele, mas nós precisamos fazer a nossa”, disse Edilma.

Máquinas do município após as chuvas estiveram retirando entulhos das ruas e ainda hoje continuam a realizar o trabalho de limpeza. Com mais chuvas na cidade, casas continuam a ser alagadas. É o caso da Vila na Prainha.

Rildo disse que estão sendo “mapeados todos os bueiros da cidade” para a desobstrução dos mesmos, já que com as fortes chuvas é provável que estejam dificultando a passagem do esgoto e das águas das novas chuvas.

Pank lembrou que mesmo com todas as águas que causaram os estragos na cidade, que precisa ser cuidada antes para que não se repita, deve-se agradecer a “divindade. É preciso que a gente agradeça, que a gente seja grato, porque Deus sabe todas as coisas”.

Por último Weldo agradeceu a toda a equipe do município, “aos abnegados” que desde o primeiro momento estiveram empenhados em resolver os problemas. Também se disse agradecido com “o pessoal da defesa civil do estado que até hoje está na cidade” trabalhando.

O prefeito anunciou que irá alugar uma casa para colocar os desabrigados e “dar dignidade a esse povo”.

A única nota destoante, e não precisava ser assim na live, é a insistência de algumas pessoas quererem colocar os atuais problemas como sendo de gestões anteriores. E isto não é verdade! Como foi dito por todos em suas falas, as chuvas que caíram naquele dias ultrapassaram os níveis pluviométricos de um mês. E até parece que a maioria que estava presente não participou das administrações dos últimos governantes de Canindé do São Francisco. O problema não pode ser politizado, nem pela oposição e muito menos pela situação que hoje tem teto de vidro. O melhor é arregaçar as mangas e cuidar do povo da cidade.

Nenhum comentário: