7.7.17

Tá na internet: Para hoje, é isso que temos no Brasil.


INFELIZMENTE É ISSO QUE TEMOS NO BRASIL. Chega de hipocrisia! PARABÉNS a ESTA CIDADÃ!!!! (Juca Ferreira)

Essa semana estava voltando num ônibus do centro da cidade do Rio de Janeiro e um policial entrou nele e foi direto a um jovem negro que estava sentado ao meu lado.

Pediu os documentos e o rapaz prontamente entregou. Revistou o rapaz e olhou a mochila que ele carregava. Até ai fiquei calada, embora estivesse incomodada com o fato de só ter abordado esse rapaz. O ônibus não estava cheio, tinha muitos lugares vazios... 

Bom, por fim o policial deu á seguinte sentença ao rapaz: "VOCÊ VAI TER QUE SALTAR E ME ACOMPANHAR ATÉ A DELEGACIA"..

O olhar do rapaz era de confusão e medo. Então, como sou BOCUDA, não consegui ficar calada. Pensei em um filho meu. O rapaz tinha idade para ser. Ai falei: "POR QUE O SENHOR VAI LEVA-LO? ELE É SUSPEITO DE ALGO? FOI DENUNCIADO? O SENHOR ACHOU ALGO DE ESTRANHO COM ELE OU NAS COISAS DELE?

O policial com cara de poucos amigos porque eu estava questionando disse: "Não, não encontrei nada, e não há denúncia, é só para averiguação. Depois o policial me perguntou: VOCÊ É MÃE DELE?". Eu disse, não. 

VOCÊ É ALGUMA COISA DELE? Eu disse, não. ENTÃO POR QUE A SENHORA ESTÁ SE METENDO? E já com ar ameaçador disse: "A SENHORA QUER OBSTRUIR A JUSTIÇA? 

Eu retruquei: "NÃO MEU CARO, O SENHOR É POLICIAL. E QUE EU SAIBA A JUSTIÇA É FEITA POR JUÍZES, PROMOTORES E ADVOGADOS. E ESTE NÃO ME PARECE O CASO".

O policial então pareceu muito irritado com o que eu disse e se virou pro restante dos passageiros, como que querendo aprovação e disse: NÃO INTERESSA, ELE VAI COMIGO.

Ai eu não consegui me controlar e disse "ENTÃO EU TAMBÉM VOU". A isso se seguiu um senhor, também negro, que estava sentado duas cadeiras atrás de mim que disse "EU TAMBÉM VOU".

E aí foi um falatório. Vários passageiros disseram "EU TAMBÉM  VOU". E eu falei: "VAMOS TODOS ENTÃO.... MOTORISTA DÁ PRA VOCÊ LEVAR A GENTE?" 

Uma mulher que estava sentada lá na frente disse: DEIXA A POLICIA LEVAR ELE... ESSE CARA PODE QUERER NOS ASSALTAR. Mas a maioria das pessoas começou a gritar.

O policial visivelmente contrariado disse...VOCÊS PODEM ESTAR PROTEGENDO UM MELIANTE. MAS VOCÊS É QUE SABEM. QUEREM ELE NO ÔNIBUS, ENTÃO QUE FIQUEM COM ELE.

E saiu do ônibus esbravejando. A viagem seguiu e o rapaz estava visivelmente amedrontado. Puxei conversa e fiquei sabendo que tinha se formado na CEFET ano passado e estava cursando engenharia robótica na UFRJ.

Detalhe: vi as carteiras da CEFET e da UFRJ. Ele estava tão nervoso com a abordagem que nem pensou em mostrar esses documentos.

Ele ligou pra mãe, contou o ocorrido e me pôs pra falar com ela, que estava indignada e me agradeceu dizendo que ele tem 19 anos. É muito estudioso e tímido, tem dificuldade em se defender e fica sem ação quando confrontado.

Pergunta que não quer calar.... PORQUE O POLICIAL QUERIA LEVAR AQUELE RAPAZ??? SERÁ QUE SE ELE FOSSE LOIRO DE OLHOS AZUIS ELE TERIA A MESMA VONTADE DE RETIRA-LO DO ÔNIBUS? ??

HOJE AO LER ESSA NOTÍCIA QUE ESTOU POSTANDO ACHEI QUE DEVERIA CONTAR ESSA HISTÓRIA PORQUE NÃO É UM CASO ISOLADO NÃO. 

UM PAÍS MISCIGENADO COMO O NOSSO NÃO PODE ACEITAR ESSAS POSTURAS...  (Por Vera Dumas)

Nenhum comentário: