14.7.17

Márcio Macêdo: condenação de Lula é uma aberração jurídica.


O vice-presidente nacional do PT, Márcio Macêdo, afirmou, nesta sexta-feira (14), que a condenação do ex-presidente Lula pelo juiz Sérgio Moro se constitui em uma "aberração jurídica" com o único propósito de afasta-lo da disputa eleitoral do próximo ano. Para ele, "a história condenará Moro e não Lula". Em entrevista à rádio Fan FM, em Aracaju (SE), o dirigente partidário disse acreditar na reformulação da decisão pelas instâncias superiores da Justiça. "Sou um daqueles como Lula que acredita na Justiça", frisou. 

"Boa parte da sentença de Moro é tentando justificar o injustificável, uma vez que a acusação contra Lula é cheia de ilações e suposições, baseada em power point. Esta condenação é uma aberração jurídica. O que está se fazendo com Lula é semelhante ao que fizeram com Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek", ressaltou.

Para ele, a decisão contra o ex-presidente é "a condenação dos pobres e menos favorecidos deste país" e se insere dentro de um cenário de medidas prejudiciais à população. "Um dia, eles aprovam as mudanças na lei trabalhista, rasgando a CLT, precarizando o trabalho, e no outro dia, condenam o maior líder popular deste país", salienta.

Márcio Macêdo avalia que a condenação de Lula em primeira instância, sem provas, atesta que seus opositores "não têm coragem de enfrenta-lo nas urnas e estão tentando tira-lo do jogo". No entanto, frisa o vice-presidente do partido, "eleição sem Lula é uma fraude, uma farsa". 

O petista entende que a candidatura do ex-presidente em 2018 "unifica setores da esquerda, do centro e da sociedade civil". Por isso, informou Márcio, "nós queremos que Lula rode o Brasil, dialogando com o povo". Ele confirmou a manutenção da agenda de visitas do líder petista pelo Nordeste em agosto, inclusive em Sergipe. Segundo Márcio, este calendário está em construção, mas adiantou que deverá começar pela Bahia e terminar no Maranhão em 20 dias da caravana.

Segundo Márcio Macedo,a viagem servirá para apresentar um projeto de reestruturação do país e irá passar por todas as regiões brasileiras. Em Sergipe, além da capital Aracaju, Lula deve passar por Lagarto, Nossa Senhora da Glória e Itabaiana, cidades em que o ex-presidente visualizou e projetou a instalação de universidades públicas. O petista não descartou a possibilidade de incluir outros municípios como Estância e Tobias Barreto. A viagem a Sergipe ocorrerá na segunda quinzena do mês que vem. "O governador Jackson Barreto, os movimentos sociais e o povo vão receber Lula em Sergipe", disse.

Nenhum comentário: