16.2.22

Fábio, o eterno sonhador

O passar dos anos nos traz uma certeza incomoda. É que os amigos vão partindo e muitos deles nem conseguimos dar um abraço antes ou dizer o quanto admiramos.

Eu hoje acordei e recebi a notícia de que Fábio Novaes tinha falecido. Ainda tenho poucas informações do acontecido, e isto não importa agora. Agora eu quero relembrar o nosso último encontro aqui em casa quando ele, como uma tempestade de ideias falava o que poiamos, juntos, fazer para melhorar a Live na Laje que estava sendo feita aos domingos e que mobilizava a cidade através das redes sócias.

Foi uma conversa de horas e entre sorrisos, lembranças de histórias vividas no munda do entretenimento e sonhos do que ainda poderia ser feito, nos esbaldamos falando, mais do que deu errado nas produções artísticas feitas do que naquilo que acertamos.

Fábio foi um sonhador e realizador de sonhos de muitos. Sócio de uma empresa de ornamentação pública, por muitos anos embelezou as ruas de Paulo Afonso e transformou a paisagem de praças da cidade no período dos Natais.

Ele nunca escondeu sua militância política por um mundo mais justo. Se não, por sua condição de empresário do entretenimento, podia expressar publicamente duas opiniões, quando conversávamos via nele a empolgação de que o sonho não acabou.

Que este contador de histórias tenha um lugar reservado ao lado do Pai e que suas lembranças fiquem preservadas em nossas memórias.

Fábio Novaes, Presente!

2 comentários:

Unknown disse...

Emocionante Dimas! Esse tipo de mensagem nos faz conhecer e eternizar a imagem de Fábio...valeu!

Unknown disse...

Show de bola Roque!👏👏👏👏👏👏

Deus já o deu o descanso eterno! 🙏🙏🙏