13.4.22

Governo do Estado da Bahia autoriza novos investimentos para a requalificação de mais de 36 mercados municipais

Os mercados municipais, centros de abastecimentos e feiras livres são importantes pontos de comercialização de produtos da agricultura familiar. Pensando nisso, o Governo do Estado vem, desde 2015, investindo na requalificação e ampliação destes estabelecimentos. Já são mais de 120 mercados requalificados ou em processo de requalificação, em toda a Bahia. 

Nesta terça-feira (12), o governador Rui Costa assinou convênio com mais 36 prefeituras de diversas regiões do estado, para a realização desta ação, em evento realizado no Parque de Exposições de Salvador.

Um investimento de mais de R$40 milhões realizados por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que beneficia toda a população dos municípios.

A ação tem como objetivo levar mais conforto e segurança aos feirantes e aos consumidores, além de proporcionar um maior ordenamento e permitir a comercialização dos produtos da agricultura familiar, de forma segura e higiênica.

O secretário da SDR, Jeandro Ribeiro, ressalta que, na Bahia, a agricultura familiar abrange 593 mil estabelecimentos rurais, chegando a quase dois milhões de agricultores e agricultoras. “Esses pontos de comercialização reúnem comerciantes e produtores das sedes dos municípios, comunidades e povoados. Um centro socioeconômico que viabiliza a produção de agricultores que estão no entorno do município, gerando renda, emprego e dinamização da economia local. Consolidamos uma intervenção no rural. O agricultor produz, colhe, leva para a feira, para vender seu produto e encontra ali quem consome”.

Entre os municípios beneficiados está Irará. De acordo com o prefeito Derivaldo Pinto esse é um pleito que tem sido solicitado pela população iraraense. “Hoje, assinamos convênio dessa obra tão importante para o município. O estabelecimento recebe os produtos da agricultura familiar e faz com que os produtores escoem suas produções. Agora, a agricultura familiar vai ter um espaço adequado para fazer a sua comercialização”.

Para a prefeita de Taperoá, Kitty Guimarães, é um dia que fica marcado na história do município. “Enfim chega o nosso tão sonhado centro de abastecimento. Os agricultores vão poder comercializar na avenida principal do município”.  

Nenhum comentário: