5.3.22

Região de Caetité conta com 217 sistemas de abastecimento de água

Mais um sistema integrado de abastecimento de água foi concluído pelo Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, no município de Caetité. Desta vez, na localidade de Caldeiras. Na região, já foram realizadas 217 ligações de água. Além de Caldeiras, as comunidades de André, São José e Sapé também foram beneficiadas.

Uma das casas que já contam com água tratada nas torneiras é a de João Batista de Araújo. “O projeto chegou para resolver o problema da falta de água na comunidade de Caldeiras. Agora, tem água na casa de todo mundo. Uma maravilha”.

A ação é realizada no âmbito do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb) e a Central de Associações Comunitárias de Caetité, responsável pela manutenção e operação do sistema.  

De acordo com a Gerente da Central de Associações de Caetité, Poliana Brandão, em abril deste ano, a Central irá fazer 1 ano que está, de fato, estruturando-se e iniciando suas atividades. “A Central está atendendo a oito sistemas, com 2.220 ligações, em 20 localidades. Já estamos atendendo aos municípios de Paratinga, Aracatu, Tanque Novo, Iuiú e Caetité. Até dezembro de 2022, a Central irá atender 75 sistemas, totalizando 10.630 ligações, em 220 localidades rurais do estado da Bahia”.

O Bahia Produtiva financia a implantação de sistemas de abastecimento de água e banheiros nas zonas rurais dos municípios que estão na área de atuação das Centrais existentes, localizadas em Jacobina, Seabra e Caetité. Uma estratégia de gestão associativa, de baixo custo e de manutenção simplificada, com coparticipação das comunidades locais, em que a manutenção dos sistemas e o tratamento da água são feitos pelos operadores locais, escolhidos pelas Associações Comunitárias, que são treinados e orientados pelas Centrais para a prestação de serviços.

 

Nenhum comentário: