21.3.22

Primeira pesquisa com o nome de Jerônimo já o coloca com 33% das intenções de votos

Menos de uma semana após ter seu nome indicado como pré-candidato ao governo da Bahia, Jerônimo Rodrigue (PT), alcançou 33 das intenções de votos na pesquisa do Instituto Opnus e Rádio Nova Salvador para o governo do estado quando associado o apoio do ex-presidente Lula.

ACM Neto (Aliança Brasil) que já está na pré-campanha desde o início do ano, obteve 41% na mesma pesquisa estimulada que é quando é quando é apresentado aos eleitores os nomes dos candidatos juntamente com seus possíveis apoiadores.

Neto mantém a liderança, mas o crescimento das intenções de votos em Jerônimo chama a atenção pelo pouco tempo de exposição que teve para que pudesse ter seu nome trabalhado pelo Partido dos Trabalhadores. O apoio do ex-presidente Lula e também candidato este ano a presidência da republica será muito importante ao candidato do PT.

Outros candidatos ficam bem abaixo dos dois primeiros colocados na pesquisa, são eles: João Roma com 14% e apoiado pelo atual presidente, Jair Bolsonaro. Já Kleber Rosa com apoio de Guilherme Boulos teve 1% das intenções de votos.

Completando a pesquisa, Brancos e Nulos com 4% e Indecisos com 7%.

No cruzamento das intenções de votos em cada um dos dois candidatos se percebe como cada grupo social está se posicionando até o momento da eleição.

ACM Neto com o apoio de Ciro Gomes, segundo a pesquisa, entre o sexo masculino obtém 42% e no feminino 40%. Já Jerônimo com o apoio de Lula e Rui Costa no grupo dos homens teve 31% e entre as mulheres 35%.

Quando se cruza os dados entres aqueles que se declaram de alguma religião, Neto tem 42% entre católicos e 36% entre evangélicos e Jerônimo 38% e 25% respectivamente.

Nenhum comentário: