13.2.22

Agricultores familiares de Monte Santo recebem investimentos para fortalecer a ovinocaprinocultura

Agricultores e agricultoras familiares de Monte Santo, no território de identidade do Sisal, estão animados com a chegada dos investimentos do Governo do Estado, para o fortalecimento da ovinocaprinocultura na região. Por meio do projeto Bahia Produtiva, R$3,3 milhões estão sendo destinados às famílias da região, 61 abrigos rústicos com cisternas e 3.500 mudas de palma forrageira para cada beneficiário, para proporcionar infraestrutura e alimentação adequadas aos animais.

Além disso, está sendo construído um laticínio com capacidade de produção de 1.900 litros de leite de cabra por dia. O novo espaço terá equipamentos para favorecer a produção de leite pasteurizado, queijo, queijo coalho, iogurtes, bebidas lácteas e manteiga.

Quem comemora a aquisição dos equipamentos é a Cooperativa Regional de Agricultores e Agricultoras Familiares e Extrativistas da Economia Popular e Solidária (Coopersabor), que acessou o edital do Governo da Bahia. Charles Costa, presidente da cooperativa, comenta que o laticínio era um sonho antigo dos agricultores da região.

“A expectativa é muito grande dos agricultores porque o laticínio vai absorver toda a produção do município e, inclusive, de comunidades de municípios vizinhos. Esse laticínio será o local ideal para ter o fluxo contínuo de comercialização e isso impactará diretamente na renda, no melhoramento da produção e na qualidade de vida de cada agricultor”, destacou Charles.

Um dos 61 agricultores beneficiados pelo projeto, José Augusto Santos, aproveitou o novo aprisco com cisterna e construiu uma pequena sala de ordenha em anexo à nova estrutura, facilitando assim o seu processo de produção. “Eu quero que dê tudo certo com o laticínio, porque vai ser muito importante para mim, que já vendo um pouco de leite”.

Nenhum comentário: