19.3.19

Físico e Astrônomo Marcelo Gleiser é o primeiro brasileiro a ganhar o Prêmio Templeton


Físico, astrônomo, escritor, roteirista e professor brasileiro Marcelo Gleiser, de 60 anos, foi declarado como vencedor do Prêmio Templeton 2019, nesta terça-feira, dia 19. A cerimônia de premiação ocorrerá no dia 29 de maio, na cidade de Nova York.

Gleiser é a 49ª pessoa a receber o prêmio Templeton (também conhecido como ''Nobel da Espiritualidade'') e o primeiro Brasileiro a conseguir este feito. Além do ganhador ser extremamente reconhecido por uma ''contribuição excepcional para afirmar a dimensão espiritual da vida, seja por insights, seja por descoberta ou trabalhos práticos'' após a premiação, o Templeton concede o valor de 1,4 milhão de doláres ao ganhador. Entre os ganhadores anteriores deste prêmio, estão Billy Graham, Madre Teresa de Calcutá e Tenzin Gyatso (14º Dalai-Lama).

Marcelo é conhecido por seu livro best-seller ''A Dança do Universo'', publicado em 1997, que se trata da origem do Universo sob o ponto de vista religioso e científico. Em 1998 ganhou o Prêmio Jabuti por esse livro.

Atualmente, atua como professor de Física e Astronomia na Dartmouth College, em Hanover, nos Estados Unidos.


Orgulho e Humildade


Em sua pronunciação ao canal ''Templeton Prize'', no YouTube, Gleiser declara: ''Estou profundamente honrado e comovido por ser o ganhador deste ano do prêmio Templeton. O caminho para a compreensão e exploração científica não é apenas sobre a parte material do mundo, e minha missão é trazer de volta para a ciência e para as pessoas que se interessam por ciência, esse apego àquele mistério. É fazer as pessoas entenderem que a ciência é apenas mais uma maneira de nos envolvermos com o mistério de quem somos. E ser esse tipo de embaixador me enche de orgulho e humildade e espero poder continuar fazendo esse trabalho para o benefício de todos.''

Heather Templeton Dill, atual presidenta da John Templeton Foundation, diz: ''É uma grande honra e uma grande alegria anunciar o vencedor do Prêmio Templeton 2019, Marcelo Gleiser.'' ''Da amplitude de suas investigações sobre as questões fundamentais da existência aos seus esforços para criar um engajamento construtivo entre as ciências naturais e humanas, e ao propor uma visão unificadora arraigada em uma apreciação pela singularidade da humanidade no cosmos, o trabalho do Professor Gleiser é verdadeiramente inspirador.''

Por: Caio Roque

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial