22.3.19

AIATOLÁS (Por Leandro Fortes)


O MEC anunciou a criação de uma comissão de análise do Enem formada por três pessoas, que ninguém sabe quem são, que serão responsáveis por revisar as questões das provas, por meio de critérios misteriosos dentro de um processo sigiloso.
Eu sei que é mais simples analisar as medidas desse governo pela ótica da demência generalizada, mas até a imbecilidade motivada precisa de limites. Ainda que por meio de medicamentos.
O que o Bozo e sua trupe estão propondo é um filtro ideológico manipulado por idiotas para influir no trabalho técnico de especialistas em educação.
As consequências, além dos vexames rotineiros e previsíveis, serão sentidas por milhões de brasileiros e brasileiras submetidos ao aval do supra sumo da ignorância nacional.
Dá para imaginar o lixo que irão selecionar para as universidades brasileiras.

Por Leandro Fortes.

Nenhum comentário: