15.7.17

ILUSÃO OU COVARDIA? (Por Denise Rohloff)


A Globo já começou a pressão sobre os desembargadores e ministros da 2ª Instância. O próprio presidente do Tribunal já disse que vota o recurso de Lula até agosto de 2018. Por que deu data limite? Para influenciar nas eleições com esse julgamento.
Porque tem cunho político, sim. 
Porque a idéia é nos enrolar até agosto/2018 para torná-lo inelegível nos últimos minutos da partida. 
E nós manteremos a chama da esperança acesa mais uma vez, contando com esse Judiciário que sabemos absolutamente antipetista.
A espera nos anestesiará, nos imobilizará porque pensaremos que ainda temos chance. Na verdade porque desde sempre, nós escolhemos esperar e assitir às decisões tomadas por um Judiciário que sempre jogou contra nós em todas as circunstâncias e oportunidades ( vide julgamentos e decisões sobre  Dirceu, Genoíno, Dilma, etc... se comparado com os de Aécio, Temer & Cia). Fora os que são subitamente "desaparecidos" da vitrine quando se trata de tucanos e agora, aliados de Temer. E, devo acrescentar, do próprio Judiciário. É tão clara essa cumplicidade partidária que daria pra fazer um livro sobre o assunto que poderia ser intitulado de  INFÂMIAS JUDICIAIS NO BRASIL.
 Em sua entrevista o presidente do tribunal disse que leu todo o parecer final da sentença de Sérgio Moro e fez a declaração:
"É uma sentença que goste-se ou não dela entrou para a história do país. Você pode até não concordar, mas uma coisa é preciso dizer: foi muito bem trabalhada, um trabalho sério e competente".
Sinto muito, não temos chance. E o pior é que sabemos que não temos chance, mas fingimos não enxergar o abismo enquanto acusamos os coxas petefóbicos de não enxergarem nada do que descrevi aqui.
Ante a ausência de caminhos alternativos que não sejam revolucionários, nós preferimos, brasileiramente, contar com o ovo no fiofó da galinha.
Que já morreu: foi degolada sob nossos olhos lá no Mensalão.
É isso, amigos, lamento, não temos chance e sabemos que não temos chance.
Mas se continuar no doloroso conforto é o que querem.... vamos nessa: #Lula2018.

Nenhum comentário: