26.7.17

Heloísa Helena continua a mesma.


Se as eleições fossem hoje, segundo as pesquisas de intenções de votos no Estado de Alagoas, a ex-senadora Heloísa Helena estaria em primeiro lugar, tanto para o Senado como para deputada federal. Foi isso que informou hoje, 26, o radialista Marcelo Lima quando a entrevistava em seu programada na rádio Vitório Fm de Palmeira dos Índios.

Com o seu kit característicos, Heloísa, estava de blusa branca, calça jeans e uma agenda a sua disposição, mas que não precisou usar.

Mulher ágil no falar, a ex-senadora continua com a sua metralhadora engatilhada e ao ter um microfone aberto, atira sem descanso. Não como uma sniper, cirúrgica, mas como aquele soldado que atira em tudo o que se move e pode atingir até os inocentes. Passados os anos, Heloísa não mudou seu estilo e continua a enfrentar, como ela mesma diz, “os ladrões, a bandidagem, o mau-caratismo e os canalhas...”.

Na entrevista ela lembrou que foi derrotada eleitoralmente para o senado, mas não foi vencida na luta política. E creditou entre outras coisas, a interferência direta dos ex-presidentes Lula e Dilma que pediram votos para Rennan Calheiros e Benedito de Lira. Também disse que o processo de impeachment da Presidenta Dilma foi legal do ponto de vista das denúncias.

Heloísa anunciou que em agosto irá assumir a presidência da fundação mantida pela Rede, com sede em Brasília e que irá percorrer o país com a realização de 18 encontros temáticos visando à preparação do programa da pré-candidata Marina Silva. Defendeu que o partido faça coligações visando tempo para a TV.


Ela ainda não se definiu se será candidato ao Senado ou a Deputada Federal. Como todo político, informa que está conversando com as bases.

Nenhum comentário: