Dimas Roque: OS FANTASMAS DO HOSPITAL.

7.1.10

OS FANTASMAS DO HOSPITAL.

Os candidatos da oposição não precisam de um “cabra eleitoral” melhor do que os médicos fantasmas ou caras de pau que estão lotados no Hospital Regional de Jeremoabo.
Chamar aqueles pseudos profissionais de cara de pau ou mesmo fantasmas, e muito light e elegante, o nome certo é: mais uma quadrilha que se instala em Jeremoabo, aqui já está se tornando também o paraíso das quadrilhas. Se um miserável qualquer, para saciar a fome rouba um pote de margarina ou mesmo uma melancia, vai preso e é logo chamado de ladrão. Então eu faço à pergunta a diretoria do Hospital Regional de Jeremoabo: quem assina contrato de trabalho, todo mês recebe seu salário integral como se trabalhando estivesse, esses servidores, podem ser chamados de trabalhadores honestos, ou qual o nome certo? Hoje o cidadão Francelino Xavier de Souza, através programa de rádio denunciou que procurou socorro de emergência naquele nosocômio, pois uma sua parenta sofrera um AVC (mais conhecido como derrame), e em lá chegando encontrou apenas um atendente, que apresentando censo de responsabilidade estava cumprindo com seu horário de trabalho estabelecido no contrato, quanto aos médicos fantasmas como sempre, ganhava o dinheiro no mole sem trabalhar, nem tão pouco comparecer ao local, sendo a vítima obrigada a alugar um carro, e se deslocar as suas custas para a cidade de Antas em busca de socorro médico. Já outra senhora usou também do serviço de rádio para denunciar a ausência dos fantasmas. Será que o PT de Jeremoabo não tem acesso aos órgãos do Governo para comunicar essa imoralidade, ou são apenas traíras, porque um dos responsáveis pela falência mórbida do Hospital se chama PT. Aproveito da oportunidade para comunicar ao Governador da Bahia, que ele não precisa de inimigos piores do que os existentes na diretoria do Hospital Regional de Jeremoabo, pois estão roubando a sua confiança, e também roubando a paciência do povo pacato de Jeremoabo. Será que esses incautos, não enxergam o que está acontecendo nas favelas do Rio e também a violência incontrolada no nosso estado.

Do Blog do Dedé Montalvão.

Nenhum comentário: