27.5.17

Advogado de mulher de Cunha, absolvida por Moro, está envolvido em roubo da APAEs com mulher de Moro.

O advogado Marlus Arns de Oliveira assumiu a defesa da jornalista Claudia Cruz, mulher do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), cassado no início de setembro por quebra de decoro parlamentar. Segundo a assessoria de imprensa do advogado, ele vai defender Claudia apenas em um procedimento investigatório criminal aberto pelo Ministério Público Federal (MPF). Oliveira não vai representar a jornalista no processo na qual ela é ré na Justiça Federal.

O advogado também defende outros seis investigados na Operação Lava Jato. Entre os clientes estão os delatores Dalton Avancini e Eduardo Leite, executivos da Camargo Correa. Também estão na lista de representados por ele o ex-assessor de Pedro Correa Ivan Vernon, João Bernardi, Valério Campos e João Cláudio Genu.

Claudia Cruz já é ré na Lava Jato em uma ação em curso na Justiça Federal de Curitiba. Ela é acusada pelo MPF de lavagem de dinheiro e evasão de divisas envolvendo valores provenientes de propina recebida pelo esquema de corrupção na Petrobras.

O procedimento investigatório criminal aberto pelo MPF, onde Oliveira atuará, tem o objetivo de apurar a eventual prática dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro diante da contratação de navio-sonda da Vantage Drilling pela Petrobras mediante o pagamento de vantagem indevida, do repasse de valores oriundos do crimes de corrupção em face de obras da estatal para outros beneficiários e da influência ilícita de João Henriques na diretoria internacional da empresa.

Leia sobre o advogado da mulher de Cunha e APAEs aqui.
Procure pelo nome do advogado no link acima.

Nenhum comentário: