16.6.20

ESCÂNDALO: Prefeitura de Paulo Afonso montou processo de dispensa de licitação para adquirir álcool gel


A prefeitura de Paulo Afonso apresentou recentemente no auditório Édson Teixeira uma “prestação de contas” das despesas com a COVID 19.

Porém, a tal apresentação não disponibilizou os processos de pagamento e as empresas contratadas, o que chamou a atenção dos que compareceram para assistir a referida demonstração de despesas.

O repórter Gil Leal teve acesso aos processos de pagamento que foram encaminhados ao TCM/BA e verificou que há uma grave suspeita de ilegalidades nestas despesas, pois os documentos demonstram que há despesas feitas com processos montados e outras feitas sem as informações necessárias para realizar os pagamentos, como as datas que as empresas apresentaram as cotações de preço.


O caso que mais chamou a atenção foi uma a compra de 32 mil reais de álcool gel, onde a empresa foi declarada vencedora dia 02/04, e sua proposta de preço foi apresentada dia 22/05(?), ou seja, a empresa apresentou proposta depois de ser declarada vencedora na cotação de preços.

A denuncia foi feita no Programa Radar na Rádio Angiquinho.

Com a palavra as autoridades responsáveis.

Cópia do processo aqui.

Nenhum comentário: