25.6.20

As notícias que rolam na região nas últimas 24h



A notícia de que “Araci registra 4 morte e Serrinha 3 causados pelo covid-19”. Foi destaque na imprensa escrita, assim como a de que a “Bahia tem 7ª menor taxa de mortalidade por Covid-19 no país”.

E Conceição do “Coité tem 144 casos confirmados de Covid-19”. Deixando a população e a microrregião em estado de alerta.

E a notícia de que o “MPF questiona uso de recursos públicos em festas juninas promovidas pela Prefeitura de Paulo Afonso” fez a festa na imprensa e nas redes sociais. Esta semana as informações de que os MPs, federal e estadual estão em fase de fiscalização dos gastos na cidade dá um alerta para o cuidado com a aplicação dos recursos públicos em tempo de pandemia e através de decreto de emergência.

A notícia da inauguração da UTI em Paulo Afonso nos próximos dias é a que mais vem mobilizando as rádios locais.


Na rádio Angiquinho, o apresentador Ozildo Alves, vem questionando se a unidade de saúde terá todos os profissionais a disposição para o funcionamento imediato após a inauguração.

Do outro lado, a Rádio Bahia Nordeste (onde o prefeito local, Luiz de Deus é sócio) prega que a UTI só se viabilizou porque é por obra e ação do gestor. Ao mesmo tempo coloca secretários e o diretor proprietário “Jota Matos Bolsonaro de Deus” (é assim que ele se declara e gosta de ser chamado), falando sobre essa “bondade”.  Hoje, 25, foi pregado aos ouvintes que José Carlos Aleluia teria sido uma das pessoas responsáveis, já que teria indicado emenda parlamentar quando era deputado federa.

É constante a associação do nome de Aleluia aos benéficos na saúde no município de Paulo Afonso. Viria aí mais uma traição politica nos próximos anos contra o governador Rui Costa?

O deputado Mário Júnior também teve seu nome vinculado a emenda de sua autoria que teria beneficiado a UTI.

Se tem um assunto que é melindroso em Paulo Afonso é este da UTI. Promessa de vários políticos, agora se tornará realidade. Mas a turma da prefeitura, assim como fez quando da inauguração da Policlínica, vende como obra e graça do gestor local. Mas apanha da oposição feito tamborim durante desfile de carnaval, que contesta essa informação e colam o governo do estado como aquele que viabiliza o feito.

Nenhum comentário: