7.8.17

Título de Cidadão a João Doria Desonra Salvador e a Bahia.


É uma desonra para o povo baiano a concessão do título de cidadão soteropolitano ao prefeito de São Paulo, João Doria. Não é outro, senão a promoção da eventual candidatura do prefeito de São Paulo à presidência da república, o verdadeiro motivo dessa imerecida homenagem. A entrega da honraria, proposta por um vereador da base de ACM Neto, está programada para essa segunda-feira, 07/08, na Câmara Municipal. 

Como se sabe, João Doria não tem serviços prestados a Salvador. Muito pelo contrário. Foi presidente da Embratur na década de 80 e propôs que a seca do nordeste se transformasse em produto turístico nacional. Para Doria, a dificuldade do povo baiano, que vive no maior semiárido do país, seria objeto de contemplação para brasileiros e estrangeiros. Um grande absurdo, que por óbvio, não prosperou.

Não foi o turismo proposto por Doria que provocou a redenção dos povos da caatinga. A vida continua difícil, mas convive-se com a seca de forma mais digna devido a outro presidenciável, Lula, o pernambucano que trouxe água, energia e apoio à agricultura familiar para gerar emprego e renda. 

Doria, ao invés de estar em campanha antecipada e disfarçada, deveria se concentrar em resolver os graves problemas sociais da cidade que governa. Aliás, problemas que atingem milhões de nordestinos que migraram para São Paulo fugindo dos efeitos da própria seca.

Robinson Almeida
Deputado Federal PT-BA.

Nenhum comentário: