11.8.17

Tá na internet: E NADA DO FUNDO DO POÇO...


A exclusão do nome do Aécio das investigações da corrupção em Furnas são o atestado de óbito da PF. Quem for sério e digno e se eleger presidente deve extingui-la imediatamente.

A entidade deixou de executar o papel de polícia do poder publico e salvaguarda da sociedade para se transformar em uma sub repartição do crime aliado ao que de mais podre encontramos na sociedade.

Meus pêsames aos bons policiais federais que neste momento não tenho dúvidas estão mais envergonhados e enojados do que eu dessa choldra que não deixa alternativa que não a extinção o recomeço do zero.

Hoje quem combate o tráfico de armas e de drogas são as miseráveis e combalidas policia civil e militar dos estados, como no RJ onde quadrilhas internacionais foram desbaratadas pela policia civil enquanto a PF fazia reality shows para a Globo news ou então seus delegados faziam campanha para o PSDB e sua gangue.

Nenhum comentário: