Dimas Roque: Ninguém nasce racista.