20.8.21

Empreendimentos da agricultura familiar da Bacia do Jacuípe são certificados pelo Serviço de Inspeção Municipal



Duas agroindústrias da agricultura familiar, do Território de Identidade Bacia do Jacuípe, foram certificadas pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM), nesta terça-feira (17). O primeiro a receber a certificação foi a Casa do Mel, na comunidade de Pau Branco, município de Nova Fátima, e o segundo um laticínio localizado no município de Baixa Grande.

A ação está sendo realizada no âmbito da Parceria Mais Forte, Juntos para Alimentar a Bahia, uma estratégia da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), executada em parceria com consórcios públicos, prefeituras municipais e organizações sociais representativas da agricultura, entre outras. Uma dessas iniciativas é a do SIM, coordenada pela equipe técnica do Consórcio Jacuípe, com o apoio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR), via convênio.  

Em Nova Fátima, a certificação foi entregue à Unidade de Beneficiamento do Mel da Associação de Apicultores da comunidade de Pau Branco, implantada pelo Governo do Estado, por meio da CAR/SDR. Na Casa do Mel, como é chamada, vem sendo beneficiado o mel dos apicultores da região, que agora poderão expandir sua produção e comercializar seus produtos de forma segura e legal, para todo o município.

Em Baixa Grande, a entrega do certificado ocorreu em um laticínio privado. A agroindústria conta com 10 itens registrados, dentre eles, derivados do leite, como queijos, manteiga e doce de leite. A certificação garante a legalidade na comercialização e maior qualidade dos produtos distribuídos. 

“Para além da inspeção, o objetivo do Estado é expandir a comercialização da agricultura familiar e colocar os produtos para a comercialização em outras localidades da Bahia”, afirmou Gilmar Bonfim, coordenador de Projetos Especiais da CAR. 

O presidente da Associação de Apicultores da comunidade de Pau Branco, Galdêncio, falou da importância de ter o selo, que possibilitará, aos apicultores e às apicultoras, a comercialização dos produtos com preço mais justo: “A apicultura só nos traz vantagem. Até hoje, quem começou não quer parar. Aqui as mulheres também estão dentro da apicultura”, afirmou.

O Presidente do Consórcio e prefeito de Capim Grosso, Sivaldo Rios, falou do significado da unificação dessas forças para apoiar os agricultores, promovendo sustentabilidade no campo: “Cada dia que a gente chega a uma comunidade, a gente aprende mais”. 

Gledson Moreira, da coordenação de Agroindústria da CAR, falou sobre o apoio na implantação do SIM, por meio dos convênios firmados com os consórcios: “A ação tem proporcionado a criação do SIM em vários municípios do estado e, dessa maneira, vários empreendedores estão tendo a oportunidade de terem seus produtos inspecionados e certificados para serem comercializados com segurança e qualidade”.


O SIM

O Serviço de Inspeção Municipal (SIM) tem como atribuição a fiscalização dos estabelecimentos que produzem e comercializam seus produtos em nível local. O SIM atua no processo de regularização dos pequenos estabelecimentos agroindustriais, com a adoção de medidas necessárias que garantam inspeções e fiscalizações dos produtos de origem vegetal e animal.

Os eventos contaram com a presença dos representantes dos empreendimentos certificados, das prefeituras de Baixa Grande e Nova Fátima, do Consórcio Jacuípe, das secretarias de Agricultura, além do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e vereadores e da Associação de Nova Fátima, entre outros.

Nenhum comentário: