4.8.21

Comunidade quilombola de Bom Jesus da Lapa é capacitada em manejo de galinhas caipiras



Agricultores e agricultoras familiares da Comunidade Quilombola Rio das Rãs, do município de Bom Jesus da Lapa, participaram, na última sexta-feira (30), de capacitação sobre a criação de galinhas caipiras. O objetivo é potencializar a produção de ovos e carne, que são alternativas de renda das famílias da comunidade.

O curso foi ministrado por Ivani Santos, engenheira agrônoma e coordenadora da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), no Território Velho Chico. A programação contou com a apresentação teórica e prática de orientações para construir aviário rústico, confeccionar equipamentos como bebedouros, comedouros e ninhos, com materiais existentes na própria comunidade e os cuidados com a sanidade das aves e as instalações.

“O intuito do curso foi orientar como manejar as aves corretamente, para que as famílias possam ter aumento da produção e produtividade, com mais qualidade”, explicou Ivani.

Edna da Silva Rodrigues, da comunidade Quilombola de Rio das Rãs, agradeceu a oportunidade e disse que o curso foi muito produtivo: “Gostei demais. Eu aprendi a identificar qual é o macho e a fêmea, nos pintinhos ainda novos, a guardar os ovos corretamente, a fazer a higiene e a manutenção dos aviários e comidas alternativas para as aves e tudo o mais. Nunca tinha vacinado uma galinha e vacinei hoje, gostei e vou colocar em prática”.

A capacitação foi promovida pela equipe técnica da Bahiater, unidade da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que atua no Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (SETAF), do Território de Identidade Velho Chico, em parceria com a Fundação de Desenvolvimento Integrado do São Francisco (Fundifran), organização que presta o serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater) à comunidade, por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR).

A agricultora Irene Pereira da Silvia, também da comunidade Rio das Rãs, falou dos conhecimentos adquiridos no curso: “Gostei muito. Aprendi a separar as galinhas dos pintos e dos frangos e também como saber qual está botando ovos ou não, e vou colocar em prática o que aprendi”.

 

Nenhum comentário: