23.3.20

Governo do Estado amplia rede hospitalar na capital e interior para atendimento aos casos de coronavírus

O prédio do antigo hospital Santa Clara, em Salvador, foi requisitado pelo Governo do Estado para reforçar o atendimento dos pacientes e o combate ao coronavírus (Covid-19). O decreto de requisição foi assinado neste domingo (22), pelo Governador Rui Costa, em reunião com secretários e representantes de órgãos, na Governadoria. O decreto será publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (22) e terá efeito imediato. O hospital, que está fechado e pertence à rede privada, passará por adequação para atender às necessidades de sua utilização. Outros hospitais serão integrados à rede estadual, no interior do estado, para atender aos pacientes do Covid-19.​
Segundo o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, durante a reunião foram discutidas várias ações, como o fortalecimento da capacidade de diagnóstico, a estruturação de leitos hospitalares de terapia intensiva da rede própria do Estado e a contratação de hospitais, em várias cidades do interior, dedicados 100% ao novo coronavírus. “Nós vamos contratar hospitais, transformá-los em hospitais referência, em várias regiões do estado, para absorver parte da demanda que deveremos ter por causa do coronavírus”. ​
Sobre o Hospital Santa Clara, Vilas-Boas afirmou que é uma das unidades que estão sendo contratualizadas. “Nós vamos montar ali uma unidade de transição para pacientes que estão identificados dentro da rede como suspeitos de serem portadores do coronavírus. No Santa Clara, eles vão aguardar o resultado dos diagnósticos antes de serem encaminhados para os hospitais”.​
Sobre a evolução do número de casos na Bahia, Vilas-Boas afirmou que está dentro do previsto. “Isso tem permitido uma estruturação da nossa rede sem nenhuma precipitação”.

Nenhum comentário: