6.10.21

Comunidades quilombolas em Cachoeira recebem mais de R$ 1 mi em investimentos do Governo do Estado



Investir, acompanhar e auxiliar as comunidades quilombolas são prioridades do Governo da Bahia, estado que tem o maior número de comunidades quilombolas registradas do país. Nesse sentido, foram celebrados, por meio do projeto Bahia Produtiva, convênios, que ultrapassam R$ 1 milhão, com duas comunidades quilombolas do município de Cachoeira, no Recôncavo Baiano.

A comunidade de Engenho da Cruz está sendo contemplada com investimentos da ordem de R$ 451 mil, que serão destinados para a criação de galinhas caipiras (construção de galinheiros, aquisição de equipamentos coletivos e individuais, ração e vacinas), implantação de quintais produtivos e de viveiros comunitários, além de ações de reflorestamento das nascentes.

Já em Engenho da Ponte, os recursos no valor de R$ 653 mil serão direcionados para a implantação da Unidade de Beneficiamento do Dendê, com aumento de sete hectares de área adequada para produção do dendê. Também será adquirido kit completo para apicultura, que irá aumentar a renda e segurança dos agricultores, com a chegada de equipamentos de proteção individual para a coleta do mel. Os recursos contam também com o apoio da assistência técnica e extensão rural (Ater) nos dois locais.

A assistente territorial do Bahia Produtiva no território do Recôncavo, Juliana Andrade, ressaltou a importância desses investimentos na região: “O Bahia Produtiva visa a inclusão socioprodutiva/ambiental quilombola, trazendo desenvolvimento e esperança de dias melhores para as comunidades que, com os novos recursos, serão qualificadas com organização e melhoria do sistema produtivo, aumento da produtividade e manejo da biodiversidade nas áreas”.

A beneficiária e liderança na associação em Engenho da Cruz, Itamara Santos, enxerga a evolução na região. “A vida mudou muito aqui desde a chegada do projeto. Fortaleceu a nossa comunidade e agora, com a construção do galinheiro e com a plantação de viveiros de mudas, vai mudar mais ainda para as 31 famílias beneficiárias”, comemorou.

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio de acordo de empréstimo do Banco Mundial.

Nenhum comentário: