10.8.21

Modelo de gestão garante acesso a água de qualidade a comunidades rurais



O projeto do Governo do Estado, Bahia Produtiva, tem possibilitado às comunidades rurais o acesso a água de qualidade. Isso vem sendo realizado com a aplicação de recursos para o fortalecimento da Central de Associações Comunitárias para Manutenção dos Sistemas de Abastecimento de Água. 

O Bahia Produtiva financia a implantação de sistemas de abastecimento de água e banheiros nas zonas rurais dos municípios que estão na área de atuação das três Centrais existentes, localizadas em Jacobina, Seabra e Caetité. A Central garante a gestão, operação e manutenção dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, via gestão compartilhada com associações comunitárias.

Segundo o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), que executa o Bahia Produtiva, Wilson Dias, afirma que a ampliação da área de atuação deste modelo Centrais no Estado da Bahia é importante: “Fundamental para avançarmos no abastecimento de água potável nas zonas rurais dos municípios baianos, já que se trata de sistemas autônomos, de baixo custo e de manutenção simplificada com coparticipação com as comunidades locais, aspectos que viabilizam o acesso permanente a água de consumo humano”. 

O coordenador do Bahia produtiva, Fernando Cabral, explica o apoio às centrais de associações: “Damos um maior suporte na logística para o atendimento dos usuários dos sistemas de água e, também, para avançar na profissionalização dos processos. Essas ações do projeto garantirão a sustentabilidade das centrais". 

O modelo de gestão compartilhada já permitiu que 10.070 novas ligações de água fossem feitas e 5.297 ligações recuperadas em todo o estado, beneficiando 73.417 mil habitantes na zona rural, que passaram a ter água nas torneiras de suas casas. A meta é chegar a 23 mil ligações de água. Além disso, foram construídos 198 novos sistemas de abastecimento e 2.702 módulos sanitários.

O gerente da Central de Seabra, Leonardo Athayde, explica como é feita a manutenção dos sistemas: “A manutenção dos sistemas e ainda o tratamento da água são feitos pelos operadores locais, escolhidos pelas Associações Comunitárias. Eles são treinados e orientados pelas Centrais, para melhoria na prestação de serviços”. 

A presidente da Associação de Povoado de Conceição, no município de Boninal, Fabiana Santana, afirma que a comunidade está satisfeita: “Antes a gente não tinha esse serviço tão importante. Água é tudo. Era muito difícil, principalmente para quem mora na parte mais alta. Agora tudo mudou”. 

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e é cofinanciado pelo Banco Mundial. A execução dos sistemas é feita pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS).

Nenhum comentário: