7.3.20

Estado assina acordo de desapropriação de terreno para construir escola no Esporte Clube Ypiranga



A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) e o Esporte Clube Ypiranga assinaram, nesta quinta-feira (5), na sede da SEC, em Salvador, um termo de acordo e compromisso referente à desapropriação de 10 mil m² da área do clube, localizado no bairro de Vila Canária, para a construção de uma unidade escolar. A escola é um dos 60 prédios escolares de grande porte que serão construídos pelo Governo do Estado, até 2022.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou da importância desta parceria para atender a diversos estudantes do bairro de Vila Canária e adjacências. “Nesta parceria, o ressarcimento foi acertado com o clube e o terreno vai ser dividido entre o espaço da escola e o da prática esportiva do Ypiranga, que vai contar com um centro de treinamento com campo, onde os jovens irão ficar hospedados. Esta iniciativa irá qualificar o espaço do clube, que ganhará uma escola de grande porte. Além disso, iremos fazer um termo de cooperação técnica para que os estudantes da escola, na atividade em tempo integral, possam fazer a prática de esporte em combinação com o clube”, detalhou, ao acrescentar a integração entre a escola e a comunidade. “A comunidade do entorno poderá usar espaços da escola como biblioteca, auditório e quadra compartilhada. Para além dessa integração, que é importante, temos a preocupação com a aprendizagem dos estudantes daquela localidade”, ressaltou.


O presidente do Esporte Clube Ypiranga, Valdemar Filho, falou sobre o impacto da parceria para a imagem do clube. “Essa parceria é fundamental para restaurar a vida do Esporte Clube Ypiranga e, também, para reativar um projeto muito especial que é o social, voltado para a formação do jovem nas áreas da Educação e Esporte”, afirmou.

O encontro contou ainda com a participação do subsecretário da Educação do Estado, Danilo Souza; da diretora geral da SEC, Talita Nobre; do coordenador de projetos da Coordenação Executiva de Infraestrutura da Rede Física da SEC, Maurício Cunha; e do diretor de obras da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB), Marcos Andrade.

As novas escolas que serão construídas têm alto padrão de engenharia, com infraestrutura completa com salas de aula, quadra coberta, campo-society, vestiários, laboratórios, auditórios, biblioteca e refeitório. Além de Salvador, as escolas novas serão construídas em municípios como Candeias, Teixeira de Freitas, Itabuna, Ilhéus, Lauro de Freitas, Dias D´Ávila, Jucuruçu, Jaguaripe, Serra do Ramalho, Remanso, Casa Nova, Aramari, Araças e Salinas das Margaridas.

Complexos poliesportivos- Além da construção das novas escolas, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia implantará, na capital e no interior, 20 Complexos Poliesportivos e Educacionais, com infraestrutura para a prática das diferentes modalidades esportivas e equipamentos como ginásio de esportes, piscinas, campos de futebol e pista de atletismo, dentre outros. Dentre as cidades que terão os novos complexos poliesportivos estão Irecê, Riachão do Jacuípe, São Gonçalo dos Campos, Jequié e Conceição do Coité.

O primeiro lote de licitações já saiu para a construção de 17 escolas, sendo quatro em Salvador, nos bairros de Sussuarana, Lobato, Fazenda Grande e Imbuí, e de três Complexos Poliesportivos Educacionais, além da reforma de 150 unidades escolares. A soma de recursos é da ordem de R$ 464 milhões.

Foto: Claudionor Jr.

Nenhum comentário: