26.3.20

Areia Movediça (Por Leandro Fortes)



Jair Bolsonaro afunda enquanto esperneia, mas quer levar o Brasil junto com ele para o lodo que a História, inexoravelmente, lhe reserva.

Do pronunciamento criminoso, na tevê, à entrevista histérica que deu, na manhã seguinte, em frente ao Palácio da Alvorada, desnudou-se um demente em pleno surto terminal. Uma fera enjaulada na própria ignorância, certo de que será salvo do desastre pelos imbecis que o seguem, esses brasileiros frustrados e desumanizados que odeiam a ciência, a razão e, primordialmente, a si mesmos.


Da boca disforme, lotada de atrabílis, não saem somente impropérios e piadas podres, como de costume. Acuado, o capitão dispara, agora, ameaças como perdigotos. Um psicopata delirante cuja razão de viver é construir cenários de morte e, claro, servir aos Estados Unidos, dando forma humana e caricatural a um capacho comum.

Conta com a oligarquia apodrecida que o vê como uma marionete de ocasião. E com a manada desprovida de senso crítico: fanáticos religiosos, remediados, iletrados, medíocres e idiotas, em geral.

Que seu fim chegue logo.

Por: Leandro Fortes.

Nenhum comentário: