18.8.17

Gleisi Hoffmann, a mulher no coração do povo.


Ela comanda o maior partido de esquerda das Américas, e enfrenta de cabeça erguida os ataques que vem sofrendo pela justiça. E avisa que vai provar a sua inocência. Essa é a Senadora do Estado do Paraná que desde ontem, até o dia 05 de setembro, comanda a Caravana Lula Pelo Brasil.

Advogada, se tornou no último PED – Processo de Escolha Direta, em eleição direta realizada pelo Partido dos Trabalhadores, a primeira Presidenta da legenda. Ela já foi Ministra-Chefe da Casa Civil no primeiro Governo de Dilma Rousseff, entre 2011 e 2014. Essa mulher de ferro é casada com Paulo Bernardo, ex-ministro das comunicações do Governo Lula.

Ontem, 17, acompanhou o ex-presidente Lula e o Governador da Bahia Rui Costa na visita que fizeram ao Metrô de Salvador. Lá ela pôde ver e sentir a calorosa recepção feita pelos funcionários da obra. Surpreendidos com a presença das autoridades, os trabalhadores pararam os serviços e foram se juntar a Gleisi e Lula. Passado o primeiro momento junto ao povo baiano, a Senadora disse que, “o primeiro dia já superou minhas expectativas”. Ela se referiu ao carinho do povo. “Mal podíamos andar! Muita, muita gente na estação”.

À noite, durante o evento de lançamento do "Memorial da Democracia" e do livro "Comentários sobre uma sentença anunciada", após ter seu nome anunciado para compor a mesa, Gleisi foi recebida por uma multidão gritando, "No meu partido... eu boto fé! Porque ele é presidido por mulher!".

Essa mulher, que comanda um Partido que é atacado diariamente pela grande imprensa, é hoje a fiel escudeira da legenda. É ela quem tem a grande responsabilidade de conduzir a militância pelos caminhos da democracia, e de coordenar a próxima campanha eleitoral que poderá levar de volta ao palácio do planalto Luís Inácio Lula da Silva.

Gleisi é mais do que um belo rosto! É nela que estão depositadas as esperanças de um partido plural. É nela que a militância encontra ressonância para o enfrentamento diário da luta política. E por onde ela passa nessa caravana ouve-se o seu nome gritado por populares. Ela definitivamente caiu nas graças da militância e do povo.


Vida longa a Gleisi Roffmann  

Nenhum comentário: