25.8.17

Ele agrediu a esposa e o STF o manteve preso.


O prefeito da cidade de Marimbondo no estado de Alagoas, Leopoldo Pedrosa, continuará preso. A decisão foi tomada pelo ministro do Supremo Gilmar Mendes. Para ele, a decisão que colocou o réu na cadeia está “suficientemente fundamentada”. E o habeas corpus foi negado.

Encarcerado desde junho deste ano, Leopoldo é acusado de agredir a própria esposa e sua sogra. Segundo a denúncia, o prefeito, que usa tornozeleira eletrônica para o manter distante da pessoa agredida, ao se encontrar com a mesma em sua fazenda no estado, teria cometido a violência doméstica.


Em sua defesa inicial, os advogados alegaram que foi legitima defesa. A sogra o teria agredido com uma vassoura e por isto teria começado a confusão.

Nenhum comentário: