2.10.21

Ações integradas visam desenvolvimento do Território do Sisal



O município de Valente recebeu, nesta sexta-feira (01), o anúncio de mais investimentos na agricultura familiar para o Território de Identidade Sisal, destinados à execução de políticas públicas como assistência técnica e extensão rural (Ater), regularização fundiária, inclusão produtiva, agroindustrialização, entre outras.

Os investimentos integram a estratégia da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Parceria Mais Forte, Juntos para Alimentar a Bahia, que visa a integração das ações do Governo do Estado com prefeituras municipais, Consórcios Públicos e demais parceiros do poder público e de organizações que representam ou atuam no segmento da agricultura familiar, para fortalecer, estruturar e consolidar sistemas produtivos estratégicos da agricultura familiar, entre outros objetivos.

As ações serão executadas de forma integrada pela SDR e o Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território do Sisal (Consisal), prefeituras e organizações sociais que representam ou atuam no segmento da agricultura familiar.

Entre os investimentos que já estão sendo investidos e executados em parceria com o Consisal está o convênio para a operacionalização e uniformização dos Serviços de Inspeção Municipal - SIM, nos municípios que compõem o consórcio, no valor de R$157,7 mil. 

Também em andamento está o investimento, por meio do projeto Bahia Produtiva, de cerca de R$3,5 mil para a construção de galpão, destinado ao beneficiamento, industrialização e armazenamento do sisal e seus derivados, no município de Valente, entre outras ações. Além do apoio à gestão e a assistência técnica e extensão rural para o sistema produtivo do Sisal, para atender diretamente a 288 famílias.  Somente pelo Bahia Produtiva, já estão sendo investidos R$50 milhões no Território do Sisal, atendendo a 2.548 famílias de agricultores familiares em diversos sistemas produtivos. 

O diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, explicou que esse é um novo ciclo de investimento, uma nova etapa de relacionamento com consórcios para potencializar o trabalho das prefeituras dentro do trabalho que vem sendo desenvolvido na agricultura familiar: "Queremos fazer mais parcerias com os municípios e com os consórcios. Para isso, é preciso criar estratégias para o desenvolvimento de cada município através do rural. Queremos estimular os municípios, propor que cada um olhe a sua realidade e faça um plano de desenvolvimento a partir dos grupos produtivos locais, observando a força da produção de cada localidade. É dessa forma que vamos impulsionar a economia municipal". 

O presidente do Consisal e prefeito de Queimadas, André Luiz Andrade, destacou que o território precisa dessa política desenvolvimentista: "Com esse investimento que o governo vem fazendo em todo o estado da Bahia, temos condições de melhorar a vida e dar emprego a um bom número de famílias. E a gente espera que todos os gestores dos municípios transformem os investimentos na agricultura em algo palpável para gerar emprego e renda para os agricultores". 

O Território de Identidade do Sisal é formado pelos municípios de Araci, Barrocas, Biritinga, Candeal, cansaço, Conceição do Coité, Ichu, Itiúba, Lamarão, Monte Santo, Nordestina, Queimadas, Quijingue, Retirolândia, Santa Luz, São Domingos, Serrinha, Teolândia, Tucano e Valente. 

Estiveram presentes o prefeito de Valente, Ubaldino Amaral, o deputado estadual Osnir Cardoso, secretários de Agricultura e vereadores da região, técnicos da CAR e representantes da sociedade civil.

Nenhum comentário: