17.11.20

Lula para o Senado



Quando eu fiquei sabendo da notícia de que Luís Inácio Lula da Silva e sua atual namorada, a Sra Janja, estão vindo morar no Estado da Bahia, mais especificamente, segundo as informações, na cidade de Lauro de Freitas, entrei em estado de meditabundo do porquê da escolha deles. Seriam as praias encantadoras? Seria porque a região do Nordeste é a mais bela e famosa? Ou tem algo com a política?

Sem conseguir decifrar esse enigma, eu, que todas as vezes que algo me deixa sem respostas, procuro Zezim do Raso. Ele que é um morador do Raso da Catarina região mais conhecida como Cânion da Baixa do Chico. Vive lá sozinho e, mesmo que eu pergunte, nunca me disse qual a sua idade. A casa é em uma loca de uma pedra grande. Na entrada já se vê que tudo é bem asseado. Chão de terra batida, mas bem limpinho. No lado esquerdo se vê uma grande pedra dando sustentação a maior que serve de abrigo. No fundo há alguns utensílios. O que impressiona é como ele consegue deixar tudo tão limpinho. Essa é a morada do meu amigo.

Saindo de Paulo Afonso no Sertão baiano e nove quilômetros depois, se chega à cidade de Glória, de onde se pega uma estrada de terra e corta parte do Raso da Catarina sob um Sol escaldante que chega a sensação de uns 4º graus ininterruptos até chegar a Baixa do Chico. Onde encontrei o Zezim. Alegre como sempre ele me disse que já estava me esperando. Eu sorri e pensei, "como esse cabra consegue saber que eu viria?”. Ele é um misto de Uri Geller com Mãe Diná.

Depois de conversarmos um pouco sobre a seca que assola mais uma vez a região entrei no assunto que me levou até aquela localidade. Eu queria mesmo era saber o que danado tá trazendo para a Bahia o ex-presidente Lula.

Zezim parou por um minuto e ficou em silêncio. Deu alguns passos em direção a uma Catingueira, olhou para trás como quem quer privacidade e começou a mijar. Limpou as mãos naquele calção amarrotado e depois retornou de onde tinha saído. Aí foi quando a sua percepção única, nunca visto em outro ser humano, aflorou. E ele disse ele:

- Homem de Deus. Não precisa de muita inteligência para saber o que isto significa. Naquele momento, me senti o cabra mais burro do mundo.

Zezim começou a falar como se estivesse em transe. Para acompanhar seu raciocino era preciso estar muito atento enquanto ele andada por dentro da caatinga em passos rápidos. O sujeito me disse que bastava olhar o xadrez político da Bahia para se perceber que, é o estado onde o Partido dos Trabalhadores tem seu maior capital eleitoral no Brasil. Onde Lula tem um dos seus mais fieis e amigo no mundo político que é Jaques Wagner, tem também atual Governador, Rui Costa, com algo em torno de 80% de aprovação junto aos eleitores e que diante disto, a chegada do ex-presidente este claríssimo e evidente que é para ser candidato ao Senado Federal em 2022, caso a pretensão de ser o nome a presidência da esquerda não se confirme.

A Bahia seria o porto seguro para a eventual candidatura de Lula ao senado com garantia de eleição assegurada. E ele ainda retiraria da grande imprensa a pecha de que não abriria mão para que outro pretendente ao cargo de presidente possa ser alçado ao posto. E teria oito anos de tranquilidade e influenciando diretamente os destinos políticos da nação. Coisa que já faz desde que apareceu ao público nacional nas greves do ABC no estado de São Paulo ao final dos anos 70.

Eu fiquei meio incrédulo de que isto possa ser a verdade dos fatos. Mas o meu amigo, a quem consulto sempre que estou com duvidas sobre algo importante, nunca errou em suas previsões. E não seria agora que isto possa vir a acontecer.

Pelo sim, pelo não, eu agradeci mais uma vez ao meu amigo por suas palavras e me despedi dele. Antes de sair deixei alguns mantimentos que ele deverá usar para continuar a sua vida naquele local tão inóspito. Zezin é uma atração da Baixa do Chico, região que fica no município de Rodelas no Sertão da Bahia. Os turista que passam por lá sempre levam algo para ele.

Eu retornei para Paulo Afonso e no caminho fiquei pensando naquelas palavras e me veio a pergunta: e se isto for a verdade?

Nenhum comentário: