19.11.20

Codevasf incentiva aprimoramento técnico de estudantes e profissionais em evento no Norte da Bahia



A Codevasf está apoiando a realização nesta semana de uma capacitação para engenheiros, estudantes de engenharia e agronomia e projetistas que trabalham na elaboração de projetos de irrigação, adutoras de água e linhas de recalque de estações elevatórias de esgoto. O curso de “Transitórios Hidráulicos aplicados a Projetos de Irrigação” ocorre em horário comercial no auditório do Hotel Rapport em Juazeiro (BA) e os participantes, vindos de diversas regiões do país, foram divididos em duas turmas: uma nos dias 16 e 17 e outra nos dias 19 e 20.

A promoção do curso é do Instituto de Pesquisa e Inovação na Agricultura Irrigada (Inovagri), com sede em Fortaleza. O instrutor é Marcos Aurélio Holanda de Castro, engenheiro civil e professor titular da Universidade Federal do Ceará, com pós-doutorado em recursos hídricos e em engenharia nos Estados Unidos.

Segundo a organização do curso, apesar de as equações básicas que governam os fenômenos transitórios serem conhecidas há muito tempo, foi só com o surgimento e popularização do uso dos computadores que estes fenômenos puderam ser estudados e simulados com precisão, sem a necessidade de simplificações, muitas vezes grosseiras e irreais.

Durante o evento, os participantes vão poder analisar e simular no computador o fenômeno do Golpe de Ariete, além de dimensionar dispositivos de proteção (ventosas, válvulas de alívio, reservatórios hidropneumáticos, chaminés de equilíbrio e TAUs). Atualmente, a simulação computacional do Golpe de Ariete é uma ferramenta indispensável para projetos na área de saneamento. Durante o curso, serão os softwares UFC2, UFC5 e UFC7.

Para o engenheiro agrônomo Rodrigo Franco Vieira, que atua na 6ª Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro, “este é o primeiro curso sobre o assunto no país, voltado para a agricultura irrigada”. Ele é especialista em irrigação e, em junho deste ano, escreveu um artigo sobre Transientes Hidráulicos na revista Irrigazine (páginas 24 a 26), uma publicação nacional especializada em irrigação e suas aplicações em agricultura, paisagismo e também campos esportivos.

Em circulação desde o ano de 2005, a Irrigazine tornou-se uma referência por seu pioneirismo ao colocar em pauta temas de interesse do setor da irrigação nacional.

Outras informações sobre o evento estão disponíveis no sitedo Inovagri.

Nenhum comentário: