5.8.21

Wagner fala de possível calote de R$ 8,7 bilhões que Bolsonaro quer dar na Bahia


Na manhã de hoje, 05, o Senador do estado da Bahia, Jaques Wagner (PT) postou em sua conta no twitter uma informação que deixou os baianos preocupados, caso aconteça. É que o presidente Jair Bolsonaro anda falando em não pagar os precatórios, dívidas da União decorrentes de decisões judiciais definitivas.

Agora, dizendo que está precisando do dinheiro, Bolsonaro vai apresentar uma PEC - Proposta de Emenda à Constituição, para ampliar a possibilidade de parcelamento desses créditos que pessoas físicas e jurídicas têm a receber do governo federal. Se aprovada é legalizado o calote federal.

“A União deve à Bahia R$ 8,7 bilhões. Agora, o governo federal quer dar calote nesses precatórios cujo pagamento foi determinado pelo STF, para serem quitados em 2022. Considero um absurdo! Lutarei contra, pois o estado precisa desses recursos para investir a favor dos baianos”, escreveu Jaques Wagner em seu twitter.

Ainda segundo Wagner, “boa parte desses precatórios são alimentícios, vitais para a sobrevivência. Outra parte é dívida do antigo Fundef, sobretudo com estados no Nordeste. Se o governo quiser discutir os pagamentos de precatórios para a partir de 2023, tudo bem, mas os acordados, não podem voltar”, escreveu o Senador.

Nenhum comentário: