24.8.21

Governo certifica trabalhadores em cursos de Libras



O projeto Libras para Todos, realizado com recursos do Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad), segue com a certificação dos 200 beneficiados em três municípios baianos. Depois de Juazeiro, no último dia 19, foi a vez dos trabalhadores de Salvador receberem, nesta terça-feira (24), o comprovante da formação em Libras para atuar como intérprete e tradutor, instrutor ou atendimento básico inclusivo.

A cerimônia aconteceu na Associação Sons no Silêncio (Aesos), instituição executora do projeto.Os cursos tiveram carga horária de 200h e foram destinados a trabalhadores da rede de atendimento e proteção da pessoa com deficiência, profissionais com fluência em Libras e surdos.

Professor de Matemática, Márcio Coutinho conta que, em função da pandemia, os encontros do projeto tiveram que ser adaptados da modalidade presencial para o formato a distância, mas a qualidade foi garantida. “A gente conseguiu adquirir o conteúdo da mesma forma. Antes eu dava aula com o intérprete e hoje, por conta do curso, já consigo dar minha aula com Libras, tendo a certeza que a turma está entendendo o conteúdo. O curso veio auxiliar bastante, os instrutores eram comprometidos e nos apresentaram dicas e conhecimentos fundamentais. Foi muito proveitoso!”, contou.

O secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, lembrou que a iniciativa teve um investimento de R$ 250 mil oriundo de destinações de Termos de Ajustamento de Conduta e de indenizações por dano moral coletivo, decorrentes da atuação do Ministério Público do Trabalho e da Justiça do Trabalho. “O intuito é colaborar na implementação de ações nos eixos prioritários da Agenda Bahia do Trabalho Decente. Projetos dessa natureza precisam ser multiplicados e reafirmam o compromisso do Governo do Estado com a promoção da inclusão social de forma ampla”, reforçou.

Também participaram da cerimônia o superintendente estadual de Desenvolvimento do Trabalho, Marcelo Gavião, o coordenador da Agenda Bahia do Trabalho Decente, Hildásio Pitanga, e a presidenta da Aesos, Carla Menezes.  No próximo dia 31, os participantes de Jequié, no sudoeste baiano, também receberão a certificação.

Nenhum comentário: