30.8.21

ACM Neto é o maior Cara de Pau da Bahia


Como todos já sabem ACM Neto é o que restou do Carlismo na Bahia e ele tenta de todas as formas se agarrar nos escombros da memória do avô, também conhecido como o “Malvadeza”. Mesmo que para isto tenha que buscar uma tabua de salvação e escondê-la por vergonha como faz com Bolsonaro.

Em outubro de 2018, Neto declarou apoio individual à candidatura de Bolsonaro no segundo turno. Ele disse à época, “Não concordo com tudo que ele (Bolsonaro) diz, mas queremos mudança”. E a mudança veioda forma que estamos vivendo. E mesmo agora querendo se desvencilhar de sua responsabilidade por contribuir com a eleição do atual presidente, o ex-prefeito de Salvador não conseguirá enganar os baianos.

ACM Neto não só apoiou a eleição de Bolsonaro, mas está dentro do governo com ministros indicados pelo Democratas, do qual é o presidente nacional da legenda. Querer vender a imagem de independente não cola, a internet está aí para provar.

Ele pode até tentar, mas o acordo do DEM no Rio de Janeiro com os Mercadores da Fé liderados pelo pastor Silas Malafaia desnuda a sua intenção. Neto fez um acordo diretamente com Bolsonaro. Ele entrega a estrutura do partido no estado para servir de palanque e apoio estrutural e recebe em troca o apoio da turma da “teologia da prosperidade” na Bahia. Mais uma vez o povo evangélico sendo usado como massa de manobra eleitoral.

Falando em mentir, isto não é uma exclusividade da família Bolsonaro, Neto que diz não fazer parte do governo federal tem a Tereza Cristina, na Agricultura, e Onyx Lorenzoni, no Trabalho como ministros. No congresso nacional o partido que ele preside faz parte do Centrão. Grupo de parlamentares da pior qualidade e vota na maioria das propostas de Bolsonaro, tanto na Câmara federal como no Senado.

Grampinho, como também é conhecido, após ser envolvido no caso de supostos grampos ilegais feitos pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia contra opositores do avô. Naquele ano Antônio Carlos Magalhães era senador e mandava na Bahia com mão de ferro. Deve achar que o tempo da mentira e da truculência pode retornar a Bahia. Ele tenta vender a ideia de que nos últimos 16 anos nada foi feito na Bahia. Há de se perguntar onde ele andou durantes estes anos que não enxergou o canteiro de obras que o estado vive?

Neto e Bolsonaro são irmãos siameses nascidos da política e da mesma prostituta do fascismo que vive na sarjeta e nos becos procurando atalhos para os seus propósitos. O lugar dos dois é o lixo da história para onde devem ser mandados todos aqueles responsáveis por colocar o Brasil nesta situação.

 

Um comentário:

Unknown disse...

Pra mim o melhor prefeito de Salvador e vai ser o melhor Governador da Bahia, junto com ACM Neto.